Carolina Loureiro, “ex” de David Carreira, quebra o silêncio sobre morte de Sara Carreira

Carolina Loureiro não deixou morte de Sara Carreira, irmã do ex-namorado David Carreira, passar em vão e prestou-lhe uma sentida homenagem nas redes sociais. Veja aqui!

07 Dez 2020 | 10:30
-A +A

Carolina Loureiro não quis acreditar na triste notícia da morte precoce de Sara Carreira, com apenas 21 anos, vítima de um acidente de viação na A1 este sábado, dia 5 de dezembro. A atriz chegou a ter a cantora como cunhada, na altura em que namorou com o irmão David Carreira, entre 2015 e 2017.

No Instagram, a protagonista da novela da SIC “Nazaré” publicou uma foto da filha de Tony Carreira a preto-e-branco, acompanhada de uma emotiva mensagem.

“Inacreditável como não temos controlo nenhum sobre a vida. Somos mesmo um sopro… O meu coração e a minha energia estão inteiramente com vocês”, pode ler-se, juntamente com um emoji de um coração, de um smile triste e de umas estrelas.

Recorde-se de que Carolina Loureiro e David Carreira terminaram a relação em agosto de 2017. Em outubro de 2019, a artista esteve no programa Júlia, na SIC, e revelou pormenores sobre este namoro. “Foi uma pessoa que eu namorei e de quem gostei muito. E pronto é isso”, referiu, não querendo comentar mais este assunto. Atualmente, o ex-casal seguiu a vida e encontrou novos amores. David namora com a atriz Carolina Carvalho e Carolina com o cantor brasileiro Vítor Kley.

Foi Carolina Loureiro que terminou com David Carreira! «Ele era ciumento!»

E o que ditou, afinal, o fim deste amor? A avó de Carolina Loureiro revelou à TV 7 Dias, em outubro de 2019, o que levou ao fim da relação da atriz com David Carreira e falou ainda do sofrimento com a morte do avô e a separação dos pais.

Carolina Loureiro, o furacão Nazaré da SIC, tinha apenas 17 anos quando decidiu deixar para trás a sua pequena vila em Pombal e foi sozinha para Lisboa atrás do sonho de ser atriz. Uma decisão que, na altura, para a sua avó paterna, Rosinha, foi uma grande deceção e motivo de dor. Mas, hoje, a octogenária, que deu uma entrevista exclusiva à TV 7 Dias, entende que a neta teve a melhor atitude e elogia-lhe a força que tem tido, numa vida de sofrimento, marcada pela morte do avô, a separação dos pais, a ausência de afeto do progenitor, os tempos difíceis em Lisboa e o namoro conturbado com David Carreira.

Depois de dois anos de namoro, pautados por muitos altos e baixos, e até notícias de vários rompimentos e reconciliações, no final de agosto de 2017, Carolina Loureiro e David Carreira, que cerca de três meses antes tinham começado a viver juntos, anunciaram nas redes sociais o fim da relação, escrevendo: «Sinto que juntos crescemos muito nos últimos dois anos. Hoje acaba a relação, mas mantemos o carinho e a amizade».

O motivo, não revelado nesta declaração, esteve relacionado com os ciúmes excessivos do cantor, garante a avó paterna da atriz. «Ele… acho que era um bocado ciumento», começa por dizer Rosa Loureiro, de 82 anos, que rapidamente volta atrás para dar a certeza e contar que a decisão foi da sua neta. «Acho não, de certeza! Foi o que fez ela acabar e foi o bem que ela fez», assegura, para de seguida, do alto da sabedoria que a idade lhe confere, opinar: «Um homem ciumento nunca faz uma mulher feliz, portanto quando ela começou a apreciar que era assim acabou e acho que fez muito bem.»

E voltou a sublinhar: «Ele era ciumento, pronto, e depois o ciúme é uma doença e um casal onde haja um ciumento nunca pode ser feliz.» E por saber que a neta viveu momentos de controlo e sufoco durante o namoro com David Carreira, diz: «Ela depois de acabar com ele é que começou a andar à vontade. É o que ela diz, está tão bem, ninguém a chateia, faz o que entende. Agora é que ela está bem, não tem ninguém a especular o que ela faz ou deixa de fazer.» Continue a ler aqui.

Texto: Inês Borges; Fotos: DR

Veja também:
Estrelas chocadas com morte de Sara Carreira. Veja os vídeos das homenagens dos famosos!
Marcelo Rebelo de Sousa deixa mensagem especial a família de Sara Carreira

 

 

PUB
Top