Carolina Patrocínio assume «ansiedade» com regresso das filhas à escola!

A apresentadora conta que as três filhas estão na escola, mas ela fica sempre ansiosa com a hipótese de receber um telefonema da escola. Tudo devido à Covid-19.

30 Set 2020 | 22:20
-A +A

Carolina Patrocínio está bastante apreensiva e ansiosa com o regresso das filhas à escola. Tudo devido à Covid-19. Durante uma conversa com João Baião e Diana Chaves no programa Casa Feliz, da SIC, a apresentadora falou das novas rotinas, num ano em que a filha mais velha, Diana, de seis anos, entrou para o primeiro ano. Além de Diana, Carolina é mãe de Frederica, de 4, Carolina, de dois e Eduardo, de cinco meses. «As três meninas estão na escola, apenas o bebé fica em casa», começou por contar. «Nesta fase ainda tudo corre dentro da normalidade, pois nenhuma turma das minhas filhas fechou ao ponto de os meninos serem enviados para casa.»

No entanto, o rosto do What’s Up, da SIC Mulher admite que fica sempre com ‘o coração nas mãos’ com a hipótese de o telefone tocar da escola. «Aquela sensação de ansiedade, de aperto, está sempre presente no nosso dia», diz, temendo receber uma notícia de que alguma das meninas possa ter suspeita da doença.

«Está a ser um período um bocadinho triste»

Outra coisa que Carolina Patrocínio lamenta é que a Diana tenha entrado para o primeiro ano, numa altura em que está vedado o acesso aos pais nas escolas. «Está a ser um período um bocadinho triste», admite, embora reconheça que a medida é necessária para o bem da saúde de todos. «Este afastamento torna a experiência da entrada na escola muito diferente. Eu praticamente não conheço a professora e os amigos dela», acrescenta a apresentadora, que tenta que a filha lhe vá contando o que se passa no seu dia a dia. «Só que nesta idade tenho de lhe fazer 300 perguntas para obter uma resposta», brincou.

Carolina não pensa ter mais filhos

Recentemente, Carolina Patrocínio referiu no programa Cara Podre, da RFM. que não pensa aumentar a família. «Quatro filhos é muito. Andar com a tropa toda é complexo.» Quanto à questão de qual o filho que mais vontade lhe dá de ir deixar à avó, a apresentadora começou por dizer que «vai mudando». Neste momento, a «número 2, a Frederica», é quem lhe dá «mais trabalho», mas Carolina explica que tem uma regra. «Não podem levar só um. Ou levam todos ou não levam nenhum. Se querem levar o bebé têm de levar com as outras três estroinas», afirmou entre risos.

Texto: Carla S. Rodrigues; Fotos Instagram
Veja também:
Tiago Teotónio Pereira e irmã de Carolina Patrocínio assumem namoro à frente da família
Carolina Patrocínio organiza festa do pijama de sonho para as filhas. Veja as imagens!

PUB
Top