Carolina vive momento difícil com o filho doente

Entrar com uma criança com 40 graus de febre que não baixam há 12 horas», começa por explicar.

25 Jan 2018 | 10:37
-A +A

Carolina Deslandes viveu um momento difícil com o filho e desabafou com os seguidores nas redes sociais. Indignada, a cantora explicou que tinha ido ao hospital com o pequeno Santiago, de dois anos, e não a deixaram acompanhar o filho, só podendo entrar uma pessoa. Assim sendo, Diogo Clemente acompanhou o menino enquanto a mãe esperou cá fora.

 No Facebook, a artista escreveu:

«Serviço nacional de saúde: entrar com uma criança com 40 graus de febre que não baixam há 12 horas, e como a criança está a dormir ao colo do pai, eu mãe, que venho com o carrinho, saco, boletim de vacinas e etc sou OBRIGADA a esperar cá fora», começou por explicar.  

«Não consigo entender», diz Carolina Deslandes

Surpreendida com esta condição, Carolina pediu uma justificação. No ‘post’ continuou: 

«Só pode estar uma pessoa com o meu filho. Pergunto qual a razão e como é possível uma criança só poder ter o pai ou a mãe ao seu lado, resposta: São ordens superiores. Nem à porta da urgência pediátrica posso estar, tenho de esperar cá fora sem saber de nada. Que não possamos entrar os dois na sala de exames, os dois na sala de observação ainda entendo, agora na sala de espera da urgência pediátrica não consigo entender.»

Por fim, Carolina explicou que não entende o critério e acabou por ser apoiada por muitos seguidores.  

«Não entendo qual é o critério que obriga um pai ou uma mãe a serem afastados dos seus filhos numa situação de aflição. E cada vez tenho menos saco para um país em que ninguém dá a cara por nada e a resposta é sempre a mesma: são ordens superiores.»

Ler também  aqui

 

 

PUB
Top