Casados à Primeira Vista: «Houve MARMELADA em casa do Daniel»

Daniel e José Luís reúnem-se para falar sobre os respetivos casamentos. Graça e Daniela fazem o mesmo e o tema ‘sexo’ domina a conversa.

26 Nov 2018 | 22:24
-A +A

Mais uma semana de Casados à Primeira Vista, da SIC. Ana e Hugo decidiram ficar no programa e é precisamente com essa temática que começa o diário desta segunda-feira, dia 26 de novembro. Vários concorrentes falam, individualmente, sobre a relação do camionista com a instrutora de fitness.

«O Hugo põe sempre a culpa na Ana», atira Eliana. «Não há ponta por onde se pegue. Ver o Hugo naquele estado não é fácil», comenta Daniel. Graça é mais brusca e faz um pedido: «Por favor, Hugo e Ana. Chega! Já ninguém aguenta mais!». A mulher de José Luís adianta ainda que Hugo «tem as ferramentas todas mas não as utiliza».

No arranque de mais uma semana, os casais continuam em busca de novos caminhos para se descobrirem.

Graça e Daniela almoçam juntas

 

Graça mostra-se contente por almoçar com Daniela. «Adoramos comida vegetariana. Na alimentação e no sexo, ninguém manda em nós. Cada um come o que quer».

O almoço começa e a conversa também. Graça lamenta-se: «Eu estou a ter uma rejeição que não se vê. Qualquer homem ou mulher nesta situação começavam a ficar muito mal. O José Luís passa uma imagem de que é uma homem educado, elegante e charmoso. E é verdade. Mas depois passa para mim uma imagem de que é tudo menos Alfa. E eu pedi um homem Alfa», lamenta a diva do Porto.

«Ele não foi habituado a lidar com os afetos. Ele não sabe lidar com um abraço. Eu estou com um problema sexual e sensorial. Começo a questionar-me: ‘Será que ele quer? Será que gosta?’. Na cerimónia ele nem me deu um ‘abracinho’, nem me deu a mão». A empresária vai mais longe e revela: «O meu marido foge de mim como o ‘diabo da cruz’!»

A instrutora de ioga, por sua vez, também não vive dias de pura felicidade com o marido e comenta: «Eu vou tomar uma decisão se vou continuar casada com uma pessoa e não se vou continuar a vê-lo. É completamente diferente. Penso que o Daniel não seja tão retraído como o Zé Luís. No entanto, ‘a panqueca, por mais fina que se faça, tem sempre dois lados’».

O afastamento de Daniel e Daniela

 

Daniela revela que acha que o marido se assustou com o facto de a energia que sentiram entretanto ser a mesma de alguém que sai algumas vezes com outra pessoa e começam a namorar. «Vês-te casada com o Daniel?», pergunta-lhe Graça. «Agora não. No ponto que estamos agora, nem que caísse um raio a mandar as setas do cupido todas», responde a setubalense.

O assunto «Ana e Hugo» volta a ser abordado. Graça admite que pode não estar muito bem com o marido, mas garante que não vão chegar ao ponto do referido casal.

José Luís almoça com Daniel

 

Com as mulheres fora, os dois concorrentes também se juntam, no apartamento de Daniel e Daniela. Enquanto preparam o almoço, Daniel brinca com o colega. «Já viste o que trouxe das Caldas?» «Loiça das Caldas? É bonito ‘pá’», responde o portuense, perante o objeto típico das Caldas da Rainha, em forma de pénis.

Fora de brincadeiras, o marido de Graça também se lamenta. «Esta história da minha intimidade com a Graça está a ser muito complicada. Nós não estamos a funcionar. Nós… se calhar mais eu, do que a Graça. E eu começo a não saber lidar com a situação.»

Perante o desabafo do antiquário, Daniel não pode ser mais direto: «Mas a Graça atrai-te?» «A Graça está predisposta. Eu é que não, entendes?», responde, deixando Daniel visivelmente confuso. «Isso para um homem, como tu sabes, é complicado. Não tenho a vossa idade, mas também não tenho 80 anos», responde ainda ao jovem concorrente.

José Luís faz uma pergunta do género ao marido de Daniela. «É algo bastante pessoal», responde-lhe, sem abrir muito o jogo.

«Acho que não estará muito bem, mas temos de respeitar a opinião dele. Não quer falar, não fala.»

Sobre o assunto, o participante mais novo apenas revela: «Acho que é romantismo a mais. Às vezes sinto-me abafado com tanto amor. Sinto um bocado de pressão nesse campo.»

Depois do almoço, segue-se a marmelada. «Mesmo sem as nossas mulheres, houve marmelada na casa do Daniel. Feita por mim», diz José Luís enquanto «ri às gargalhadas».

«Foi bom respirar algo diferente. Libertar-me daquele romantismo. Ajudar o Zé Luís a colocar um avental foi um dos momentos mais caricatos que vivi neste programa», revela o empresário, depois do almoço.

Depois, José Luís aproveita para ir ao ginásio. Em conversa com o personal trainer, que lhe diz: «O casamento é para a vida», o portuense responde: «Também acho. Mas já me casei 4 vezes!»

 

Hugo e Ana continuam no programa

O casal dá um almoço em casa para amigos, mas Hugo não consegue trazer ninguém do seu lado. «Estávamos a precisar disto», admite o camionista.

Diana Chaves surge, de surpresa, para se juntar ao almoço. «Foi a cereja no topo do bolo», revela Hugo.

No entanto, o ambiente parece estar a ficar um pouco mais pesado, novamente. A apresentadora pergunta à instrutora de fitness se precisa de ajuda. A dona da casa nega, mas lá dá uma tarefa para o rosto da SIC. Até que Hugo revela: «Isto são tudo coisas que eu poderia ajudar, mas como vês ela diz: ‘Não, não, deixa estar’. Perguntei-lhe se ela precisava de ajuda…». «Mas podes ir fazendo outras coisas. Podes ir servindo o vinho, podes ir mostrando a casa à Diana», responde a mulher. «Eu estou bem. Estou bem. Posso tudo!»

«Estás bem, mas vais-te queixando, não é?» questiona Diana Chaves. «Devias passar aqui um dia inteiro connosco. É muito giro. Todos os dias é uma aventura nova», responde Hugo.

«Isso é uma ironia?», volta a questionar a anfitriã do programa. «Não, não, é mesmo verdade! Eu gostava de participar nestas tarefas e parece impossível».

«Eu quando aqui cheguei pensava que ia encontrar um casal feliz. Mas não», revela Débora, uma das amigas de Ana, que também está no almoço.

«Mais uma lição. Quando a Ana diz que não quer ajuda é um ‘nim’», remata Hugo.

Já durante o almoço, Ana revela que «a base da relação está num ponto difícil de ser estruturada». «Ainda estamos a ver se vamos ser ou não amigos. A comunicação está a falhar bastante aqui», remata a bailarina.

 

Eliana e Dave conversam com o Dr. Alexandre Machado

 

Numa fase equilibrada, o casal decide continuar mais uma semana. «Não estamos perdidamente apaixonados, mas já parecemos um ‘casalinho’ dentro de casa. Estamos a construir ‘amor’», revela Eliana.

Já Dave considera que «houve uma evolução na comunicação». «Temos mais mecanismos para trabalhar, do que tínhamos no início», comenta, na presença do Dr. Alexandre Machado.

Sobre a entrada do novo casal, Eliana revela que «foi uma lufada de ar fresco».

Cláudio quer fazer uma tatuagem com a data do casamento

 

Cláudio e Isabel também continuam no «jogo do amor». O casal começa mais uma semana num salão de beleza, onde juntos fazem uma limpeza de pele. «Acho que ela precisa mais do que eu, mas eu vim para ela não se sentir constrangida», revela o marido. «Vê-se que ele se preocupa com a sua beleza», diz Isabel.

O ex-desportista revela à mulher que vai fazer uma tatuagem com a data do casamento. «Senti-me surpresa. Achei que era uma atitude assim um bocadinho drástica».

«Aconteça o que acontecer, vai ser um dia que vou guardar para sempre no meu coração», revela o madeirense, apesar de não saber onde irá tatuar a data. Isabel aceita a ideia, dadas as justificações do marido.

Os novos pombinhos dão um passeio a dois. «Já estava com alguma falta de exercício físico e sugeri à Isabel que fôssemos dar uma caminhada aqui perto.»

Enquanto o marido corre, Isabel senta-se na relva a ler o livro que este lhe deu sobre a diálise.

Texto: Redação WIN – Conteúdos Digitais; Fotos: Xposed/Shine Iberia

 

PUB
Top