Casados à Primeira Vista: Lavada em LÁGRIMAS, Ana escolhe TERMINAR casamento!

Os casais de Casados à Primeira Vista tiveram mais uma cerimónia de compromisso e nem tudo correu pelo melhor. Ana mostrou-se cansada e desiludida.

03 Dez 2018 | 8:31
-A +A

O episódio deste domingo, dia 2 de dezembro, de Casados à Primeira Vista ficou marcado por um noite intensa de decisões mas também por muita animação por parte dos concorrentes.

Durante a semana, Dave e Eliana contaram com a presença de Graça e José Luís para jantar. No final, decidiram fazer uma noite de Karaoke, à qual se juntaram Daniel e Daniela. As meninas mostraram animação constante, embora o marido de Graça não tenha ficado convencido com os dotes das concorrentes. «Entre a Graça e a Daniela venha o diabo e escolha» afirmou em tom de brincadeira.

Leia também: Casados à Primeira Vista: Concorrentes JUNTOS por um bom motivo

«Ele não me respeita enquanto mulher»

O casal celebrou um mês de casados e, por isso, Hugo decidiu surpreender a mulher. Ana não ficou convencida e os dois continuam sem se entender. A semana dos dois esteve longe de ser tranquila e a instrutora de fitness chega mesmo a afirmar que «continua a tentar perceber» o motivo de os terem juntado.

Ana admite sentir-se pressionada pelas tentativas constantes de Hugo. A concorrente diz não conseguir ultrapassar algumas das coisas menos boas e acusa o marido de distorcer as conversas e de não a respeitar. Hugo não percebe os argumentos da mulher nem o facto de esta precisar de espaço físico e emocional, para ele tudo não passa de «drama» e «falta de esforço».

Quando chega o momento de revelar a decisão, Ana e o Hugo voltam a estar distanciados. A instrutora decide terminar a relação e Hugo decide ficar. Lavada em lágrimas a concorrente confessa não entender o motivo de os terem juntado. «Eu estou-me a sentir impotente, sinto que ele não me respeita enquanto mulher» afirma Ana.

No entanto, e apesar de ter escolhido terminar, Ana irá continuar mais uma semana com Hugo, uma vez que ele optou por continuar.

 

«Não estamos na fase do felizes para sempre»

A quinta cerimónia de compromisso ficou marcada por muitas indecisões e desentendimentos. Os casais parecem não estar a entender-se da melhor forma. A semana de Eliana e Dave foi de melhorias. O casal concordou que a nível da comunicação a relação evoluiu mas que falta a parte de intimidade.

«Eu não sinto que estejamos apaixonados, acho que falta conexão. Ainda estamos longe de deixar de ser dois colegas de casa» diz a jovem. Já o instrutor de surf usa a expressão: «ainda não estamos na fase do ‘felizes para sempre’». Embora existam algumas questões a resolver, ambos decidem continuar.

Já Daniel e Daniela estão a passar por um fase mais calma e tranquila. No entanto, o facto de estarem perto de terem que tomar decisões começa a afeta-los. Daniela não acredita que consigam ir além da amizade, pelo menos dentro do programa. Sentados no sofá e frente a frente com os especialistas do programa, o casal fala sobre a semana e sobre as atitudes que têm tido um com o outro. Daniel explica que o problema não é a sinceridade da mulher, mas a forma como ela a expressa. «Brusca» foi a palavra utilizada pelo concorrente, que depois acaba por não se conseguir explicar.

Daniel afirma que não está preparado para avançar e dizer que está apaixonado por Daniela. Ainda assim decide ficar no programa. Já a opinião da instrutora de Yoga é outra. Daniela foi «à procura do amor e de um companheiro para a vida» mas o que encontrou foi amizade.

«Eu sinto que já dei tudo de mim e se ainda não te apaixonaste por mim, não sei como o vais fazer. Porque eu sou eu e o meu melhor não inspirou isso em ti, por isso, eu hoje decidi terminar. Eu quero lutar por uma relação romântica, por um casamento …eu sinto-me uma cobaia».

Veja também: Francisco de Casados LANÇA DÚVIDA
Casais sentem dificuldades na vida intima

Isabel e Cláudio são o primeiro casal a partilhar esta nova experiência com os especialistas. O casal diz ter-se ajustado bem à vida em conjunto e tudo parece estar a ir no bom caminho. No entanto, Cláudio confessa que a nível da intimidade os dois sentem alguma dificuldade.

Isabel diz que o marido precisa de se libertar mais e de tentar comunicar melhor. Ambos concordam que faz falta a parte da conquista. A decisão acaba por ser a esperada. Cláudio e Isabel decidem continuar no programa.

Graça e José Luís também continuam com dificuldades na intimidade, o que deixa Graça com dúvidas. A mulher de José Luís sente-se cansada de «tentar» e diz que lhe faz confusão estar com uma pessoa que não é afectiva. Posto isto, a questão da intimidade volta a ser tema de conversa.

Graça sente-se rejeitada pelo marido e José Luís diz sentir-se «pressionado». «A parte da intimidade é realmente uma parte que eu ainda não desbloqueei» afirma o concorrente. A dinâmica do casal está longe de ser a melhor, já que o casal não conversa entre si. Há falta de troca de ideias e as acusações são cada vez mais.

«Para mim um afeto é muito importante. O afeto e a intimidade. Não consigo ter uma relação sem isso» atira a empresária. «Mas disseste que conseguias amar um homem impotente» responde José. Posto isto, Graça explica-se dizendo que o homem podia ser impotente mas teria que existir afeto.

Apesar de todas estas dificuldades que os dois precisão de ultrapassar, ambos decidem dar mais uma oportunidade ao casamento.

Texto: Redação WIN| Conteúdos digitais/ Fotos: Xposed/Shine Iberia Portugal

 

PUB
Top