Casados à Primeira Vista: Noiva REVOLTADA ARRASA SIC!

Francisco e Lídia são os últimos noivos a entrar no programa da SIC, mas o casamento já revela ser um fiasco. Lídia faz questão de mostrar a revolta contra a produção nas redes sociais.

29 Out 2018 | 17:04
-A +A

Lídia entrou nesta aventura graças à iniciativa do filho Gonçalo. Porém, aquilo que tinha tudo para ser o início de uma bela história de amor, rapidamente se tornou num pesadelo….mesmo antes de começar!

A mulher de 44 anos não gostou nada de Francisco, o noivo escolhido pelos especialistas de Casados à Primeira Vista. No último episódio do novo programa da SIC, foi notório o descontentamento e as lágrimas de Lídia logo no dia do casamento.

Agora, o comportamento da concorrente está a ser fortemente criticado nas redes sociais, gerando uma onda de indignação. Lídia não tem problemas em responder diretamente às críticas, lançando farpas à produção na página de Instagram do programa.

 

Acusa produção de pressão e manipulação

 

Nas dezenas de comentários, várias pessoas acusam Lídia de estar psicologicamente instável e de necessitar de «terapia antes de avançar para este desafio». A empresária defende-se e aponta o dedo à SIC:

«Psiquiatra por ser direta? Por ser genuína? Por mostrar que esta experiência é muito mais do que um casamento, onde gravamos 12 horas por dia, com grande pressão e manipulação? Por estar a gerir os meus sentimentos e dos restantes? Tive sempre, no meu ponto de vista, uma postura nobre. Porquê um psiquiatra? É pena darem opinião do que realmente não conhecem», escreveu.

Lídia não considera ser uma pessoa «fragilizada», justificando que «infelizmente a ciência não controla tudo». 

 

«Não gostei nada das imagens que escolheram»

 

Outra das críticas mais frequentes é o facto de, do lado de Lídia, não ter comparecido nenhum convidado para além do filho. «Desde o momento que vi a noiva sozinha, só com o filho, senti logo mal feitio», disse um seguidor.

«Penso que as pessoas não entenderam, as pessoas rejeitam tudo o que é estranho e da minha parte ninguém quis se expor. Isto é um incentivo para as mulheres,  força para seguirem em frente em tudo na vida, mesmo sem suporte», retorquiu Lídia. «Os convidados não quiseram participar no que chamaram de ‘palhaçada’»

A empresária continua a defender-se, referindo que a maioria das pessoas possivelmente não teria «capacidade de ultrapassar», afirmando que «infelizmente foi passado o que convinha».

Lídia revelou não ter gostado das cenas emitidas e continuou a atacar a SIC: «Não gostei nada das imagens que escolheram. Fizemos coisas muito bonitas! Nem a minha despedida de solteira passou…Tenho uma história de vida incrível, tenho muita pena que a produção só tenha passado o que interessou. Isto é uma experiência social, como tal mostrei algo que ninguém gostaria de passar: ser apanhada por um cenário de doença».

De realçar que os comentários são feitos com uma conta de Instagram que, ao que tudo indica, é fidedigna. Esta conta tem apenas uma publicação dos animais de Lídia e a fotografia de perfil é da empresária. A TV7dias tentou entrar em contacto com a mesma mas, até agora, não obteve resposta.

Contactada pela TV7dias, a produção de Casados à Primeira Vista preferiu não fazer comentários.

Veja todos os comentários na nossa galeria!

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Casados de fresco! 💍 ⠀ #CasadosAPrimeira

Uma publicação partilhada por Casados À Primeira Vista (@casadosaprimeiravista) a

Francisco e Lídia: toda a história

 

Lídia tem 44 anos e mora em Lisboa. Trabalha numa multinacional como account manager. Descreve-se «como uma louca. Gosto de ser polémica». Foi o filho que a encaminhou para a experiência de participar no programa. Gonçalo é o grande parceiro da mãe. Lídia foi casada e mal falou no pai do filho começou a chorar. O ex-marido foi atingido por uma meningite meningocócica e, ao fim de seis anos a tentar ajudá-lo, não aguentou mais e pediu o divórcio. Teve outra relação durante 12 anos em que passou por traições e decidiu seguir em frente.

Francisco tem 52 anos e vem do Estoril. Trabalha com antiguidades e colecionismo. Acima de tudo quer ser feliz e encontrar o amor da sua vida. Tem três filhos, rapazes. Teve um casamento de 20 anos com a mãe dos filhos e está divorciado há seis.

O dia do casamento

No dia do casamento, Maria João, madrinha do noivo, disse: «Acho que o passo do Francisco é um passo arriscado. É preciso ter coragem». O padrinho João acrescentou: «O meu maior receio é que não resultei mas vamos acreditar que sim».

Veja também: Casados à Primeira Vista: Segredo abala relação de José Luís e Graça

«Se vou desistir no altar eu não sei, mas em princípio não», foram as primeiras palavras da noiva no grande dia.

Quando chegou o momento do casamento, a ala da noiva não tinha convidados. «Lá porque não estão cá os convidados, não quer dizer que a noiva não esteja», tentou acalmar Diana Chaves.

A ausência de convidados foi justifica pelo filho da noiva: «A minha família não pôde vir». «Só vou ter o Gonçalo neste casamento. Não me deixa de forma nenhuma sensibilizada. Mostra bem a mentalidade num País com uma mentalidade completamente fechada e que tudo o que é estranho temos a tendência em rejeitar», explicou Lídia.

A chegada ao altar: «Não há química»

«Gostei muito do que vi à primeira vista. Já consegui fazer com que ela se risse», disse o noivo. Por sua vez, a noiva: «Pelo Francisco senti simpatia, química não».

«Eu não tive repulsa nenhuma pelo Francisco, de todo. Tive foi tempo para pensar, naquele momento, o que é que eu estava ali a fazer.»

A família e amigos de Francisco aprovaram a noiva. «Gostei muito da noiva», disse a madrinha.

Na altura do beijo, «senti que o Francisco pediu aprovação para poder dar-me um beijo e isso incomodou-me», disse Lídia. «Eu gostava de ter dado um beijo na boca», afirmou Francisco. Acabaram por apenas se cumprimentar com dois beijos na cara.

Apenas com a companhia do filho, Lídia emocionou-se quando o abraçou no final da cerimónia. «O Gonçalo para mim foi um herói por ter conseguido estar aqui sozinho sem ninguém a apoiá-lo.»

«O facto de eu me sentir assim não tem nada a ver com a pessoa. Tem a ver comigo. Vamos ver se resulta ou não.»

No final da cerimónia, Lídia ignorou o pedido de Francisco para lhe dar a mão e durante a sessão fotográfica não olhou para o marido. «Neste momento ainda não acho nada do homem que está ao meu lado. Por que é que meti nisto?»

O telefonema com o terapeuta

Com os convidados já no copo d’água, Lídia e Francisco demoraram a chegar. A noiva ficou a fazer um telefonema a Fernando Mesquita, o psicólogo/ sexólogo que faz parte da equipa de especialistas do programa.

«Quando eu olho para ele não tem nada a ver comigo», queixou-se. «Uma coisa é o aspeto exterior da pessoa, outro é aquilo que está lá dentro. Eventualmente, o Francisco terá coisas que podem ser importantes para si. Eu acho que está na altura de ver que vou assumir isto e, pelo menos, dar uma oportunidade», aconselhou-a.

Veja também: Casados à Primeira Vista: E o prémio do MELHOR BEIJO vai para…

Depois de muitas lágrimas e dúvidas, a noiva aceitou falar com o noivo. «Isto não é fácil, mas também não vamos desistir logo à primeira», começou por dizer Francisco.

«Eu não estou a desistir à primeira. Há uma coisa que eu tenho como lema na minha vida: tudo o que me mago, eu não avanço.»

Fotos: Xposed/Shine Iberia Portugal

 

PUB
Top