Casados à Primeira Vista: «Vilã» do programa fica com os nervos em franja!

Ana Raquel vive dias difíceis e implica com tudo do casamento: a começar na comida e a acabar….no noivo!

15 Out 2019 | 12:40
-A +A

O diário desta segunda-feira, dia 14, do programa da SIC Casados à Primeira Vista ficou marcado por revelações surpreendentes. Se por um lado há quem já tenha sofrido de violência psicológica por parte de um ex-companheiro, por outro, há quem esteja disposto a amar a respeitar esta mulher que, até agora, não teve uma vida fácil. Estamos a falar de Liliana Oliveira que admitiu, aos especialistas ter sofrido, durante três anos, nas mãos de um homem.

«Quando terminei o meu casamento eu deixei-me envolver pela primeira pessoa que me deu dois dedos de conversa e que veio com a chamada ‘canção do bandido’», revelou, acrescentando que o«amor por este homem a cegou». «Gostei demais, entreguei-me demais, fiz demais por uma pessoa que simplesmente queria o conforto e o bem-estar pessoal. A partir do momento que tu não podes dar a tua opinião e que não podes ter liberdade sequer para sair, conversar, falar, tu simplesmente vives num medo constante.»

Perante estas palavras, o especialista questiona: «Sofreu violência psicológica?». «De todo o tipo. É alguém que nem sequer cá devia de andar. Nós não devemos desculpar sequer. Desculpei três anos, vezes demais», respondeu, de imediato.

Mas não é só. Além da vida amorosa não ter corrido da melhor forma, a vida familiar parece ter tomado o mesmo rumo. «Eu nunca vivi com a minha mãe. O meu pai é uma das pessoas que merece o meu maior respeito e é a minha maior dor porque faleceu muito novo. Foram os meus avós que me criaram. A minha mãe foi a pessoa que me pariu, só. O facto da minha mãe não fazer parte da minha vida fez-me perceber que tipo de mãe que eu quero ser para os meus filhos», confessou ainda a secretária clínica.

Marta Rangel conta como conheceu Pedro… fora do programa

Marta Rangel casou-se com Luís, de 40 anos. O concorrente é fisiologista, vem da Austrália e considera-se um ‘bom vivant’ que quer agora assentar, encontrar a mulher certa e ser pai. Surpresa das surpresas: os dois noivos já se conheciam e até chegara a ir «tomar um copo» há cerca de quatro meses.

Neste diário a ex-assessora de Manuel Caldeira Cabral, ministro da Economia do governo liderado por António Costa explicou como tudo aconteceu. «Não acreditei que de todas as pessoas do mundo fosse alguém que já tivesse conhecido. Eu ia dizer ‘eu conheço-te’, mas dei por mim a duvidar de mim própria e a pensar ‘não pode ser’. Depois comecei a juntar as peças do puzzle na minha cabeça e entretanto percebi que de facto é mesmo ele e que eu fui beber um copo com ele à três ou quatro meses», revelou para as câmaras.

Luís admite que conheceu Raquel por uma aplicação online e que até vivem bastante perto um do outro. «Nós conhecemos-nos online. Somos praticamente vizinhos, vivemos muito próximos e então numa noite dissemos ‘vamos beber um copo’».

Raquel garante que foi uma noite simpática, no entanto, o «clique» não surgiu na altura. «Vivemos uma noite simpática, agradável, bebemos uns copos de vinho, conversámos imenso e depois cada um foi à sua vida. É óbvio que olho para ele e acho que é um homem bonito. Só que há aquelas pessoas que temos um clique e outras pessoas com quem não temos um clique. E eu na altura não tive».

Vilã do programa implica com tudo

Na sessão de fotografias, Ana Raquel esteve, praticamente sempre, de cara trancada, com tendência a afastar-se do noivo. Para a mulher de Aveiro, tudo estava mal. Ora a comida, ora o piso para andar, etc.

Quem sai bem deste retrato é o noivo de Ana Raquel, Paulo Matos, cuja postura serena durante a cerimónia, em que a noiva adotou uma postura no mínimo desagradável, tem sido muito elogiada. A mulher, de 42 anos, confessa que só a personalidade não chega e que, por isso, mesmo não se «consegue entregar». «Não tenho vontade de continuar…Não me agrada nada tendo em conta aquilo que sempre falei», revelou, confessando ainda que ainda nem olhos olhos nos olhos do noivo.

«Como correu a sessão fotográfica? Sentiram-se à vontade? Deram a mão, um beijinho? Olharam-se nos olhos?», questionou Diana Chaves. «Não, não, não», respondeu, no imediato a noiva. «Nós cumprimos o que o fotografo mandou», acrescentou o noivo.

Diana Chaves insiste e pergunta ainda a Ana Raquel se já se apercebeu que tem um noivo atlético. «Eu não notei nada. Ainda não vi sequer nada. Com o frio, com isto tudo, uma pessoa não percebe nada com estas roupas. Eu ainda não reparei porque ele está com estas roupas e eu estou com este vestido. Até posso ser ‘bué’ gorda e ter aqui uma cinta», respondeu.

Veja também:
Os concorrentes mais giros da segunda temporada de Casados à Primeira Vista
Casados à Primeira Vista: estreia de segunda temporada bate TVI e RTP1
Texto: Márcia Alves; Fotos: SIC.

PUB
Top