Casal de noivos da SIC esconde passado dramático. Saiba tudo!

Bruna e Adérito são o novo casal de O Noivo é Que Sabe!. Ela foi mãe aos 14 e fez um aborto em casa, que a atirou para uma cama de hospital.

25 Set 2020 | 11:40
-A +A

Conheceram-se na escola, eram ainda dois miúdos mas só anos mais tarde é que os caminhos se voltaram a cruzar. Adérito Moreno e Bruna Fortunato estão juntos há cinco anos e já são pais de um bebé de dois anos, o Kendrick. Mas a família não fica por aqui! Apesar da tenra idade, Bruna tem mais uma filha de uma relação, Diana, que está prestes a completar 12 anos.

Eles estiveram noivos mais de dois anos e viram no programa O Noivo é Que Sabe, a oportunidade perfeita de poderem casar. «O Adérito nunca teve o sonho de casar mas fez-me a vontade. Eu disse-lhe que se não casasse com ele casava com outra pessoa. Eu tinha de casar uma vez na vida», começa por explicar, num vídeo para o seu canal de Youtube. «Pedi-a depois do Kendrick nascer. Estávamos cada vez mais próximos, o parto ligou-nos muito. Falei com a mãe da Bruna, que vive em Bordéus, e ela ajudou-me a fazer a surpresa. Pedi-a em casamento lá e foi muito bonito», explica o jovem.

Bruna encontrou a felicidade ao lado de Adérito e são agora o espelho de uma família feliz. Porém, a cabeleireira já ultrapassou várias provações na vida. «Fui mãe aos 15 anos. Engravidei aos 14. Não posso dizer que não foi planeado. Eu e o pai da Diana usávamos o preservativo, eu não tomava a pílula. Falámos um com o outro e decidimos deixar de usar preservativo e se acontecesse acontecia. Eu com 14 e ele com 17 na altura sabíamos que eu podia engravidar. Foram cerca de 2 meses até eu engravidar», conta a jovem de 27 anos, que preferiu não fazer logo o teste. «Eu podia saber se estava grávida mas eu não queria ter a certeza. Não contei nada à minha mãe e houve um dia que ela me aparece com um teste de gravidez e diz-me ‘toma, eu acho que tu estás grávida. Tu não acordas para ir para a escola. Eu ligo e tu não ouves, estás a dormir demais’», relata Bruna.

Quando fez o teste confirmou aquilo que já suspeitava. Apesar de estar feliz com a notícia a família queria que abortasse. «Quando contei, a minha mãe quis que eu tirasse o bebé. Nesta primeira fase toda a minha família ficou contra mim, tirando a minha avó, ela é super crente e contra o aborto, eu herdei isso dela», explica. «Depois de falar com a minha mãe e de dizer que ia ter o meu bebé ela ficou do meu lado e apoiou-me incondicionalmente».

Quando começou a namorar com o Adérito, rapidamente percebeu que queria voltar a ser mãe. Mas a vida voltou a pô-la à prova.

Conheça toda a história dramática do casal na sua TV 7 Dias, já em banca!

 

André Filipe

Texto: Maria Inês Gomes (ines.gomes@impala.pt); Fotos: Reprodução Instagram

PUB
Top