Casamento sangrento: Noivo bebe demais, mata noiva, convidados e tira própria vida

Um casamento que tinha tudo para ser uma celebração feliz, acabou por virar um verdadeiro massacre, com várias mortes.

27 Nov 2023 | 17:00
-A +A

Um casamento na Tailândia acabou numa grande tragédia. Chaturong Suksuk, de 29 anos, cometeu um ato chocante durante a sua cerimónia de casamento, matando a noiva e mais três pessoas antes de tirar a própria vida. O trágico incidente ocorreu no sábado passado (dia 25) no nordeste da Tailândia, conforme noticiado pela BBC News. Suksuk abandonou a celebração e retornou posteriormente armado, atirando fatalmente contra a noiva, Kanchana Pachunthuek, de 44 anos, a sogra, de 62, e uma cunhada, de 38.

Veja ainda: Miguel Cristovinho assume culpa pelo término do casamento com Mia Rose

Noivo embriagado dispara sobre convidados

Dois convidados foram atingidos por balas perdidas e levados para o hospital, mas um deles não resistiu aos ferimentos e faleceu. A polícia local informou à BBC que o atirador “estava visivelmente embriagado” no momento dos disparos. No entanto, os motivos por trás do ataque ainda não foram esclarecidos.

De acordo com relatos de convidados à imprensa tailandesa, o casal discutiu durante a festa, e Chaturong Suksuk estava inseguro devido à diferença de idade entre ele e a noiva. Os meios de comunicação locais também mencionaram que o casal morava junto há três anos.

Chaturong Suksuk era um atleta paraolímpico e havia conquistado uma medalha de prata em natação nos Jogos Adaptados do Sudeste Asiático. O noivo ia participar dos World Ability Games, uma competição global de desporto adaptados, na Tailândia, no próximo mês. O tailandês perdeu a perna direita durante uma operação militar do exército do país.

Texto: Inês Borges; Fotos: Shutterstock e Freepik
PUB