Casting com as mamas de fora. Maisie Williams conta como conseguiu papel na série Pistol

A atriz Maisie Williams, que ficou conhecida em “Guerra dos Tronos”, vai dar vida a Jordan Mooney na aguardada série “Pistol”, que estreia em maio nos Estados Unidos.

25 Abr 2022 | 9:00
Maisie Williams
-A +A

Maisie Williams ficou conhecida mundialmente devido ao papel de Arya Stark na famosa série “A Guerra dos Tronos”. Agora, a atriz, de 25 anos, faz parte do elenco da aguardada série “Pistol”, centrada na história da banda Sex Pistols, que, à semelhança do que aconteceu na primeira, também terá algumas cenas de sexo. Durante uma entrevista, Maisie Williams revelou que foi um casting em topless que lhe valeu o papel de Jordan Mooney, uma modelo e atriz britânica que se transformou num ícone do movimento punk devido ao estilo irreverente e colaborações com a estilista Vivienne Westwood.

Foi em conversa com o Daily Mail que Maisie Williams abordou a quantidade de cenas de nudez presentes em “Pistol” e o receio relacionado com os relatos de atrizes que passaram por situações abusivas ao gravarem cenas mais íntimas. “Fiquei hesitante por causa de tudo o que acontece na indústria e todas as histórias de terror que ouvi”, começou por dizer. “Queria estar neste programa, porque sou a melhor pessoa para fazer isto, não porque sou a única rapariga que vai aceitar seu tirar a blusa”, acrescentou.

Esta inquietação foi transmitida a Danny Boyle, realizador da série, que explicou à atriz qual o contexto da nudez da sua personagem em “Pistol”. “A Jordan era uma declaração política. Todo o seu ethos era sobre virar o olhar masculino para si mesmo, e era abertamente sexual de uma maneira que fazia outras pessoas se sentirem envergonhadas”, contou Maisie Williams, que acabou por fazer uma audição em vídeo com Danny Boyle vestindo um top transparente, sem nada por baixo. “E deu certo. Eu consegui o papel”, concluiu.

“Pistol” tem estreia marcada para o dia 31 de maio nos Estados Unidos da América. A série estará disponível na plataforma de streaming Hulu.

Texto: Bruno Seruca; Fotos: Reprodução redes sociais

PUB