Catarina Furtado CHORA a morte dos cães: «A Tuca não aguentou a ausência de Lankawi»

Os dois cães de Catarina Furtado morreram este fim de semana. De luto, a estrela da RTP desabafou sobre os duros acontecimentos.

25 Mar 2019 | 20:55
-A +A

A apresentadora Catarina Furtado chora a morte do seus cães, falecidos este fim de semana. Reservada no que à sua vida pessoal diz respeito, a estrela do entretenimento da RTP abriu uma exceção e utilizou as redes sociais para explicar o que aconteceu aos dois melhores amigos de quatro patas, Langkawi e Tuca.

«Partilho pouco da minha vida mais privada, mas há situações que são tão minhas quanto vossas. Sei que, quem gosta de animais e os respeita, sente da mesma forma as alegrias e as tristezas», começa por dizer a mulher de João Reis.

 

Veja também: Catarina Furtado vai ter programa PARA A PEQUENADA!

 

«Este post é de homenagem a dois cães maravilhosos que partiram este fim de semana depois de 13 anos connosco e que vão deixar uma saudade imensa. Mas é também um post de alerta para quem trata mal os animais porque desvaloriza os seus sentimentos! Ao Lankawi falhou-lhe o coração por questões de saúde, à Tuca falhou-lhe o coração poucas horas depois, por questões de tristeza. Não aguentou a sua ausência. Partiram juntos», relata.

A comunicadora assume ainda a dificuldade que sentiu para explicar ao filho o sucedido. «Não foi fácil porque para ele é tão fácil sentir que os nossos cães faziam parte da nossa família», desabafa.

 

Veja a imagem de Langkawi e Tuca na galeria acima.

 

Langkawi recebeu o nome do arquipélago na Malásia onde a apresentadora e o ator passaram a lua-de-mel, exatamente há 13 anos.

 

Veja também: CADA VEZ MAIS OUSADA: Catarina Furtado surge SEM SUTIÃ

 

Texto: Ana Filipe Silveira | Fotografias: arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB