Cerimónias fúnebres de António Cordeiro realizam-se mais de uma semana após a morte

Cerimónias fúnebres de António Cordeiro realizam-se mais de uma semana depois da sua morte. Saiba quando se vai prestar o último adeus ao ator.

02 Fev 2021 | 12:30
-A +A

António Cordeiro morreu aos 61 anos, este sábado, 30 de janeiro, depois de vários anos a lutar contra uma paralisia supranuclear progressiva, uma doença rara, incurável e degenerativa. As cerimónias fúnebres do ator irão realizar-se mais de uma semana depois.

O velório assinala-se a 8 de fevereiro, a partir das 11h30, na Capela de Nossa Senhora do Rosário, no Barreiro. Depois, pelas 15h45 do mesmo dia, terá lugar a cremação no complexo funerário da Quinta do Conde, em Sesimbra.

As cerimónias são limitadas a 10 pessoas, devido à situação pandémica de covid-19 vivida nos dias que correm.

O ator morreu no Hospital de Santa Maria, em Lisboa. António Cordeiro lutava há vários anos contra uma paralisia supranuclear progressiva, que o atingiu em 2017 e que lhe foi condicionando a fala e os movimentos.

O ator estava há vários meses na Casa do Artista e tinha sido internado no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, na manhã da passada sexta-feira, 29 de janeiro.

Texto: Joana Dantas Rebelo, Fotos: Arquivo Impala
Veja também:
Um país de luto: Famosos fazem vénia a António Cordeiro após quatro anos de luta inglória
Morreu o ator António Cordeiro. Tinha 61 anos e lutava contra doença rara

PUB
Top