Chamada ambulância: Maria Cerqueira Gomes sente-se mal nas gravações de “O Amor Acontece”

Maria Cerqueira Gomes sentiu-se mal nas gravações de “O Amor Acontece” e uma ambulância foi chamada ao local. A indisposição terá estado relacionada com a toma da vacina contra a COVID-19.

28 Jul 2021 | 22:33
-A +A

Maria Cerqueira Gomes terá apanhado um valente susto no passado dia 23 de julho, durante as gravações do reality show “O Amor Acontece”. De acordo com uma publicação semanal, a apresentadora da TVI sentiu-se mal, tendo mesmo sido chamada uma ambulância ao local.

Tudo terá acontecido no final da tarde, em plenas filmagens do programa, na Herdade do Moinho Novo, em Canha, Montijo. Maria Cerqueira Gomes ter-se-á sentido indisposta, chegando a desmaiar.

“A apresentadora admitiu que a indisposição teria estado relacionada com a toma da segunda dose da vacina contra a COVID-19”, contou uma fonte à TV Mais, referindo ainda que, depois de uma breve pausa, Maria Cerqueira Gomes recuperou e as gravações de “O Amor Acontece” foram retomadas.

No dia a seguir ao momento de sobressalto, 24 de julho, a estrela da estação de Queluz de Baixo mostrou-se “bem-disposta”, ao lado de Manuel Luís Goucha, em direto, no programa “Em Família”.

Maria Cerqueira Gomes tem em mãos vários projetos atribuídos pela Diretora de Entretenimento e Ficção da TVI, Cristina Ferreira. Além de conduzir o formato “O Amor Acontece” ao lado de Pedro Teixeira, tem também, aos sábados, os programa “Conta-me” e “Em Família”, este último com Ruben Rua.

 

A última polémica de Maria Cerqueira Gomes

 

No final de junho, Maria Cerqueira Gomes, de 38 anos, e a filha, Francisca Cerqueira Gomes, de 18, foram inoculadas contra a COVID-19 num dia de vacinação aberta promovido pela Junta de Freguesia de Campanhã, no Porto. A informação foi confirmada pela própria apresentadora da TVI nas redes sociais.

Porém, na altura, as iniciativas de vacinação só estavam abertas para maiores de 55 anos e os jovens de 18 anos só poderiam começar a ser inoculados a partir de 4 julho. A Task Force confirmou a vacinação indevida e a Administração Regional de Saúde do Norte abriu um inquérito. Recorde tudo aqui.

 

Texto: Carolina Sousa; Fotos: Divulgação TVI

PUB
Top