Cinco pessoas morreram após comerem melão

Cinco pessoas morreram e uma mulher grávida sofreu um aborto, depois de terem ingerido melão.

18 Mar 2018 | 17:29
-A +A

Cinco pessoas morreram e uma mulher grávida sofreu um aborto, na Austrália, após terem ingerido melão que estava contaminado com listeria monocytogenes – uma bactéria que existe na terra, água e em alguns animais, nomeadamente, aves e bovinos.

De acodo com o The Sun, a última vítima mortal foi um homem de 80 anos, residente em Victoria.

A investigação realizada pelas autoridades australianas «também confirmou que o aborto está relacionado com a bactéria».

A fruta, proveniente de um produtor local, já foi retirada de todas as superfícies que a comercializavam. O produtor terá parado voluntariamente quando percebeu que os melões estavam contaminados. As autoridades sanitárias ainda emitiram um alerta, desaconselhando grávidas a comer a respectiva fruta por precaução.

Esta bactéria cresce, geralmente, em temperaturas baixas e não sobrevive ao calor.

LEIA MAIS: Seis em cada dez crianças não consomem dose recomendada de fruta e legumes

PUB
Top