Esta paixão não é fake news! Clara de Sousa apoia namorado em dia importante

Juntos há quase dois anos, Clara de Sousa e Fernando Esteves raramente fazem aparições públicas enquanto casal. A jornalista da SIC abriu uma exceção no lançamento do livro do namorado.

09 Nov 2019 | 16:50
-A +A

Clara de Sousa fez questão de marcar presença no lançamento do livro Viral: A Epidemia de Fake News e a Guerra da Desinformação, escrito pelo namorado, Fernando Esteves e por Gustavo Sampaio. Juntos há dois anos, a pivô da SIC e o jornalista têm mantido uma relação discreta e com poucas aparições públicas.

A obra incide sobre a temática das fake news e ensina a descortinar a veracidade das notícias e a informação que é veiculada para o exterior, principalmente através das redes sociais. Aliás, esta é uma expressão cada vez mais usada nos nossos dias.  «Temos de perceber que este fenómeno das fake news não vai passar e temos de aprender a lidar com ele. O que fiz foi começar a seguir todos os youtubers e influenciadores que o meu filho segue e perceber qual é a melhor forma de o defender em relação a isso. Hoje em dia, a forma como as crianças têm acesso à informação é assustadora. É importante ensinar as crianças e muitos adultos, que têm uma fraca literacia mediática, a perceber como podem avaliar uma informação, se é ou não verdadeira», explica Fernando Esteves, acrescentando: «Neste momento há 180 jornais de fack-checking a colaborar com o Facebook, sendo o Polígrafo um deles, que descortinam a veracidade das informações que estão em rede. Esse é o grande desafio, não só dos jornalistas ou dos fact-checkers, mas das grandes sociedades modernas.»

Juntos para combater fenómeno das fake news

Já para Gustavo Sampaio, este ciclo de mentiras é cíclico. «Há elementos que se repetem. Hoje em dia estão mais ligados a movimentos populistas, mais concretamente de extrema-direita, que usam o ataque à Imprensa e aos jornalistas em especial, para que não haja distinção do que é factual e opinativo. Há um exemplo sistemático de Donald Trump, que passou a apropriar-se do conceito de fake news, não só para classificar as notícias falsas, como as que são desfavoráveis. Daí estar sempre a atacar a Imprensa americana, que é um jornalismo livre e tem escrutinado a sua administração.»

Clara de Sousa afirmou que os jornalistas estão unidos no combate às notícias falsas. «Estamos juntos, não só no País, como no Mundo, para combater este fenómeno. Não dá para meter a cabeça na areia. O nosso trabalho é desmontar estes esquemas, que são muito perigosos para a democracia. No caso do Trump, é a sua missão fazer este tipo de ataques e o nosso é desmontar. Eu quero acreditar que as pessoas acabam por encontrar um momento de inteligência dentro de si e percebem que estão a ser manipuladas.»

 

Textos: Eduardo César Sobral; Fotos: Paula Alveno

 

(Texto originalmente publicado na TV 7 Dias 1703)

 

Veja mais:
Clara de Sousa recorda MOMENTO ESPECIAL!
Clara de Sousa eleita Melhor Jornalista/Apresentadora e deixa apelo a jovens

PUB
Top