Cláudio ASSUME sentimentos pela EX: «gosto dela, foi a pessoa mais especial que tive»

Cláudio Coelho confessou, em exclusivo à TV7 Dias, como se sente no que diz respeito à vida amorosa. «Errei e assumo que errei mas não sou de desistir facilmente», afirma.

10 Dez 2018 | 20:01
-A +A

Cláudio Coelho assumiu uma relação em junho deste ano. O ex-concorrente de Love On Top revelou-se apaixonado e «pronto para casar» mas parece que, seis meses depois, a história mudou de rumo.

O jogador de Poker entrou em Love On Top – Última Tentação ainda comprometido com Sílvia Cardoso mas a meio do jogo Cláudio envolveu-se com Margarida Aranha.

Em conversa com a TV7 Dias, o nortenho contou como foi realmente colocado o ponto final na relação com Sílvia e o que ainda sente pela ex-namorada.

«Eu quando entrei na Última Tentação estava a namorar. A relação não estava com os melhores dias mas estava a namorar sim. Entretanto tivémos um pequeno problema na casa, quando houve o incêndio e tivémos que sair e dormir fora, e nesse momento eu falei com a minha namorada e achámos por bem não continuar. Eu continuar na casa e continuar a jogar porque foi para aquilo que eu fui. Foi jogar, foi divertir-me e ela preferiu que eu jogasse sem ela e nós acabássemos a relação de vez», começa por contar.

 

Espreite também: Cláudio Coelho ASSUME ter PERDIDO namorada por se ENVOLVER com Margarida!

 

Cláudio percebe agora que o envolvimento com Margarida Aranha terá sido um «erro» e que a postura que adotou no jogo não foi a mais correta para com a ex-namorada.

«O que é certo é que a minha postura, para com a Sílvia, se calhar não foi a mais correta mas eu fiz aquilo que eu queria fazer no momento. Fiz aquilo que me dava vontade, me dava força e garra para continuar lá. Aquilo que me fazia sentir bem. Fiquei próximo de uma pessoa. Se calhar as coisas lá dentro não deveriam ter acontecido assim mas as emoções e os sentimentos ficam à flor da pele, tudo é mais intenso», explica, acrescentando: «Errei e assumo que errei com a Sílvia mas não sou de desistir facilmente».

 

«Tu fizeste a tua escolha e agora vai ter que arcar com as consequências»

O jogador de Poker conta que procurou falar com Sílvia mal saiu da mansão do amor e que esta apenas aceitou o seu pedido de desculpas. «A minha obrigação quando saí da casa foi sim procurá-la, ter uma conversa e ela aceitou apenas os meus pedidos de desculpa e quanto ao resto não quis falar. Disse-me: «tu fizeste a tua escolha e agora vais ter que arcar com as consequências». E é isso que está a acontecer», revela o nortenho.

Sobre os sentimentos que nutre pela jovem, Cláudio confessa ainda gostar da ex-namorada e chega a tecer vários elogios.

«Eu ainda penso nela e ainda gosto dela. A Sílvia não foi uma pessoa especial, foi a pessoa mais especial que eu tive na minha vida. Já tive algumas relações mas a Sílvia foi a pessoa mais independente, mais trabalhadora, mais madura, mais responsável. Uma mulher com voz ativa, uma mulher que tinha tudo, só que por erros, mais da minha parte, começou a haver um desgaste. Se eu tivesse que escolher obviamente que eu queria estar com a Sílvia mas são coisas que não dependem só de mim», acrescenta.

 

Próximo ano passado fora de Portugal

Se no amor a história não segue o rumo que Cláudio gostaria, no que diz respeito à vida profissional o jogador de Poker tem razões para estar feliz.

«No próximo ano vou sair muito de Portugal. Vou andar muito pela Europa a jogar, vou-me agarrar a 100% ao Poker porque realmente é aquilo que eu gosto de fazer, que me completa e é aquilo que eu quero», termina.

Texto: Marisa Simões; Fotos: DR e Reprodução Instagram

PUB
Top