De lágrimas nos olhos! Cláudio Ramos emociona-se com surpresa da filha na TVI

A passagem por Big Brother Famosos foi o ponto de partida da conversa de Cláudio Ramos com Fátima Lopes. A entrevista acabou com o apresentador a falar sobre os concorrentes de Big Brother 2020.

21 Abr 2020 | 20:00
-A +A

Foi numa conversa intimista, ao ao estilo do programa Conta-me como És, que Cláudio Ramos se confessou a Fátima Lopes na emissão desta terça-feira, dia 21 de abril, do programa A Tarde é Sua. A entrevista tocou em vários pontos: a participação do apresentador na segunda edição de Big Brother Famosos, há 18 anos, a família e as novidades do reality show Big Brother 2020, que a TVI estreia já no próximo domingo.

Os amigos começaram por falar sobre o motivo que levou Cláudio Ramos a inscrever-se no reality show e a entrar no desafio de ficar fechado numa casa com pessoas com diferentes feitios e opiniões, algumas que mal conhecia.

«Eu tinha feito Noites Marcianas [SIC] e tinha ficado com uma imagem um bocadinho azeda. A Cinha Jardim, que é minha amiga e que tinha feito o primeiro Big Brother Famosos, tinha dito que era uma boa oportunidade de, além de ganhar dinheiro, limpar a imagem. Pensei que ficava uma semana, mas entrei e senti-me muito confortável. Eu percebi que ninguém me iria atacar. Criámos ali uma química. Eu senti-me muito bem, estranho foi voltar para casa», começou por contar Cláudio Ramos, revelando que não sabe se conseguiria voltar a passar pelo mesmo mas que, naquele momento, lhe «soube muito bem».

«Eu na casa era exatamente como era na minha casa. Eu sou muito espevitado e gosto muito de perguntar e de falar», contou ainda o ex-apresentador da SIC, onde esteve 18 anos.

Cláudio Ramos falou ainda com Fátima Lopes sobre a relação com o pai, que era atribulada. «Eu tinha uma relação com o meu pai que não era uma relação muito famosa. Tínhamos feitios muito opostos. Hoje, relativizando tudo, percebo certas atitudes dele. Os pais querem sempre o melhor para os filhos, mas o que é o melhor na cabeça deles não é na nossa. Eu era diferente dos meus irmãos nesse aspeto. Eu queria voar e o meu pai nunca me deixaria voar porque o meu pai queria para mim outros objetivos. Até invejo a relação que os meus irmão tinham com ele. Eles passavam serões a falar e eu não tinha paciência para aquilo…se calhar a culpa desde distanciamento não foi só dele, também foi minha. Aos 46 anos, eu acho que tenho uma parte de culpa no nosso afastamento»

Cláudio Ramos saiu de casa aos 16 anos para correr atrás do sonho de ser apresentador. Na altura, a trabalhar numa rádio e a vender publicidade num jornal, o comunicador arrendou um quarto no Alentejo, com o pouco dinheiro que ganhava, e deslocava-se a Lisboa sempre que precisava de ir a um casting.

«Duzentos euros foi o primeiro ordenado mais ou menos a sério, sendo que o quarto eram 150. Fui-me gerindo assim. Eu fiz tudo sempre com o objetivo do dia em que precisava de vir a Lisboa», recordou o apresentador. «As pessoas, às vezes, davam-me uma oportunidade por eu estar mesmo a tentar. E nunca se arrependeram de me dar a oportunidade», disse também.

 

A conversa com a filha sobre a homossexualidade

 

Da conversa sobre a carreira e o esforço e dedicação que teve para conseguir realizar o seu sonho, Cláudio Ramos passou a falar da filha, Leonor, de 15 anos. O apresentador mostrou uma enorme admiração pela jovem e revelou como esta soube que o pai é homossexual.

«A minha Leonor é tudo. Temos uma relação tão boa… Muito graças à mãe dela, que em momentos mais complicados esteve ali sempre», começou por dizer, acrescentando depois que foi a filha que lhe perguntou diretamente sobre a sua orientação sexual.

«Ela tinha nove anos, creio. A Leonor é que me sentou num sofá e perguntou: ‘Ó pai, as pessoas dizem isto e eu gosto de ti na mesma, só preciso que tu me digas se é verdade ou é mentira para eu saber’. Foi isto. Eu contei-lhe o que se passava e contei-lhe da relação que tinha na altura e tudo o que ela queria saber. Na vida da Leonor, é uma normalidade. Não é problema nenhum para ela, nem para as amiguinhas dela, que são filhas de amigos meus de infância», contou.

Terminada a revelação, Cláudio Ramos foi surpreendido com um vídeo da filha, que o deixou com as lágrimas nos olhos. «Olá, pai! Estou aqui só para te dizer que estou cheia de saudades tuas. Não sei se te lembras mas, dois dias antes de as escolas fecharem, eu liguei-te com um monte de planos para o fim de semana que aí vinha. No entanto, ficámos em isolamento social a quilómetros de distância. (…) Este esforço vai tornar-se um bocadinho menos difícil porque está prestes a chegar o teu maio projeto. Vai realizar-se o teu maior sonho e a tua maior aventura. Eu vou estar aqui a apoiar-te com todo o meu coração», afirmou Leonor.

No final do vídeo, Cláudio Ramos falou da reação da filha à mudança para a TVI, que foi tranquila e sem grandes alaridos, e revelou que esta passou por momentos «frágeis» na escola porque os colegas a bombardeavam com perguntas.

 

O que esperar de Big Brother 2020

 

O Big Brother estreia-se a 26 de abril e os pormenores estão todos pensados. Cláudio Ramos é o apresentador do reality show que vai começar de uma forma, no mínimo, peculiar. Tudo por causa da pandemia de Covid-19 por que Portugal está a atravessar.

«Vamos acompanhar os concorrentes 24 horas por dia, cada um no seu apartamento. Apartamentos que o Big Brother preparou para os receber… Nós vamos vê-los a entrar nos apartamentos. Vão estar ali durante o período de quarentena, 14 dias, e vão estar vigiados sob um protocolo de saúde muito fechado. Vão fazer dois testes de despiste à Covid-19 antes de entrarem na casa», revelou o apresentador.

«Os concorrentes são pessoas normais. Podiam ser os teus vizinhos. Há uma discrepância de idades razoável e temos pessoas de quase todas as partes do país e pessoas que viveram lá fora. Há pessoas com filhos e com diversas profissões. O leque é mesmo muito interessante», disse a Fátima Lopes.

Sobre o nervosismo com a estreia do programa, Cláudio Ramos confessou que quer que «tudo corra bem». «Vou dar sangue, suor e lágrimas para que tudo corra bem», afirmou.

 

VEJA TAMBÉM:
Cláudio Ramos está transformado e deixa filha em choque: «Pai, tu já me assustas»
Cláudio Ramos revela famosa que gostaria de «agarrar e meter no Big Brother»
«Chorei. Tombei». Cláudio Ramos desaba em lágrimas após estreia na TVI

 

Texto: Inês Marques Fernandes; Fotografias: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

 

ATENÇÃO!

Vivemos tempos de exceção mas, mesmo nestes dias em que se impõe o recolhimento e o distanciamento social, nós queremos estar consigo. Na impossibilidade de comprar a sua revista favorita nos locais habituais, pode recebê-la no conforto de sua casa, em formato digital, no seu telemóvel, tablet ou computador.

Eis os passos a seguir:
  1. aceda a www.lojadasrevistas.pt
  2. escolha a sua revista
  3. clique em COMPRAR ou ASSINAR
  4. clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA
  5. introduza os seus dados e escolha o método de pagamento
  6. pode pagar através de transferência bancária ou através de MB Way!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

PUB
Top