Cláudio Ramos recusa-se a votar nas presidenciais se…

Cláudio Ramos revelou esta segunda-feira, 18 de janeiro, que irá exercer o direito de voto no próximo domingo, 24 de janeiro. Contudo, há uma situação que o poderá demover de tal dever. Saiba qual!

18 Jan 2021 | 21:00
-A +A

Cláudio Ramos recebeu esta segunda-feira, 18 de janeiro, Lourenço Ortigão no programa “Dois às 10”, – naquela que foi a primeira aparição do ator depois de ter testado positivo à covid-19 -, e os dois conversavam sobre as eleições presidenciais 2021 quando o apresentador fez uma revelação.

Recorde-se que este domingo, 17 de janeiro, foram vários os portugueses a optar pelo voto antecipado, que levou a que já se notassem numerosas filas, de horas, para exercer o direito de voto.

“Vou votar, mas se estiver fila venho-me embora”, disse Cláudio Ramos, recusando-se a estar em aglomerações no próximo domingo, 24 de janeiro.

Esse fenómeno levou Lourenço Ortigão a referir que as eleições presidenciais deveriam ter sido adiadas. “O nosso Governo tem de dar o exemplo. Não há nada mais difícil do que adiar umas eleições, mas se calhar é o exemplo que precisamos. Como se pode pedir às pessoas que saiam de casa horas para estar uma fila e depois não podem dar o seu passeio higiénico?”, disse o ator.

Texto: Marisa Simões; Fotos: DR e Reprodução Instagram

 

Leia ainda:
Cláudio Ramos cumpre promessa e dança em cuecas em direto na TVI!

PUB
Top