Comentário de Maria Elisa sobre Iva Lamarão volta a GERAR POLÉMICA!

Cláudio Ramos recordou uma polémica sobre Maria Elisa e Iva Lamarão, durante a Passadeira Vermelha desta terça-feira, dia 15 de janeiro.

16 Jan 2019 | 21:40
-A +A

Os comentadores do Passadeira Vermelha analisaram, no programa desta terça-feira, dia 15 de janeiro, uma frase dita por Maria Elisa, numa entrevista ao Expresso, que surpreendeu os portugueses.

«Deve ser uma morte fantástica morrer a meio de um ato sexual», afirmou a jornalista. Maria Botelho Moniz não perde tempo e revela: «Nunca me iria ocorrer. Mas acho uma frase com ‘power’ (força). A mim parece-me bem. Agora nunca diria que tinha sido a Maria Elisa a dizer isso».

Cláudio Ramos tem uma opinião diferente e recordou um episódio «infeliz» da jornalista sobre Iva Lamarão. «Eu diria, porque eu ouvi a Maria Elisa dizer, aqui há uns tempos, que a Iva Lamarão não tinha carreira, porque fazia o ‘760’. Acho bem mais grave ela dizer isso. Disse ao Rui Unas, no programa Maluco Beleza. Ela também disse que não era capaz de o fazer e eu entendo. É uma coisa difícil!»

Recorde: Iva Lamarão tem namorado novo

 

Nuno Azinheira concorda e remata: «No tempo dela não havia o 760, por isso é que ela não sabe.»

Tal revelação aconteceu em outubro de 2017, quando Maria Elisa foi entrevistada por Rui Unas, no seu canal de youtube. «Tenho imensa pena das pessoas que começam agora a fazer televisão e que têm que gerir uma carreira. Há uma rapariga, não deve ser politicamente correto dizer isto, muito bonita, que se chama Iva Lamarão. Você já viu que aquela desgraçada passa o dia inteiro a anunciar o automóvel? Há quantos anos ela anuncia automóveis… Eu uma vez encontrei-a lá na SIC e disse-lhe: ‘Eu gosto tanto de si e olhe eu tenho tanta pena de si’. Eu acho que ela podia fazer muito mais», disse.

Veja aqui o momento:

 

Gonçalo Mello, maquilhador de várias figuras públicas, incluindo a apresentadora da estação de Carnaxide, recorreu ao Instagram e arrasou Maria Elisa, através de alguns stories.

«A querida da Maria Elisa pensa que ainda vive no Portugal dos anos 80. Nem nos devíamos importar com alguém que não tem o discernimento de ver que a televisão mudou. E que fazer o ‘760’ é para alguém mais ‘diminuído’ ou apagado. Isto só demonstra o quão tacanha é a sua atitude perante a vida e a sua (antiga) profissão», começa por escrever.

Veja ainda: Recorde todas as POLÉMICAS da mulher do momento!

 

«Só mostra que é mesquinha e pouco informada»

«Ousar dizer que a Iva Lamarão não faz carreira por um dos seus trabalhos passa pela promoção dos números de valor acrescentado só mostra que é mesquinha e pouco informada», continua.

«A Iva tem um mestrado em Bioquímica, é apresentadora, repórter e até foi uma coisa que jamais a Maria Elisa poderia ser: em 2002 foi Miss Portugal. Porque uma Miss tem elegância e classe uma vida toda. Não é como algumas que chegam à terceira idade e tem necessidade de disparar em todas as direções e dizerem mal de tudo e todas para serem notadas. E falam estas em emancipação e empoderamento das mulheres, quando são assim umas para as outras», remata, acrescentando ainda a hashtag «vergonha».

Texto: Redação WIN – Conteúdos digitais/ Fotos: Impala e Redes Sociais

 

 

PUB
Top