Cristiana Dionísio vítima de burla faz alerta!

A recente mamã está a ser alvo da nova moda de burlas e deixa mensagem para o esquema perigoso!

22 Ago 2017 | 11:29
-A +A

Cristiana Dionísio publicou esta noite, dia 21 de agosto, uma mensagem de alerta nas redes sociais. A jovem anda a receber chamadas de outros países que têm como objetivo roubar dinheiro a quem atende ou devolve a chamada. 

O esquema até já foi noticiado em vários orgãos de comunicação social. 

“Pessoal isto é sério. Eu, ontem, durante a noite, recebi está chamada e pelo que sei já aconteceu a mais pessoas. ATENÇÃO, AVISO, IMPORTANTE: está a ocorrer uma burla de chamadas de voz em larga escala. Recebem um “toque” de um número estrangeiro, e caso retornem a chamada ouvem uma gravação em Português a informar que têm um familiar/amigo em “apuros” e pedem para aguardar em linha pois vão transferir a chamada e também dizem que a chamada é grátis.

Tratam-se de números de elevado custo, a ideia é não retornar chamadas para números internacionais desconhecidos. Até agora identificaram-se como países fonte desta burla a Tunísia (+216*****), Estónia (00372******) e Polónia (+48****) mas pode espalhar-se por mais origens. Caso recebam o tal toque NÃO liguem de volta . AVISEM OS VOSSOS CONTACTOS E PARTILHEM! 

 

Assustador! As chamadas são burla mas ao certo não se sabe até onde eles conseguem e podem chegar até nós, por isso vamos tentar prevenir e não atender chamadas e se puderem bloquear o número.”, escreveu a jovem nas redes sociais.

Cristiana disse ainda ter recebido várias mensagens de outras pessoas que afirmavam ter acontecido o mesmo. 

O esquema é real e perigoso

Na comunicação social tem-se alertado para este novo esquema! As queixas têm-se sucedido nas principais operadoras do país, mas a Deco e a Polícia Judiciária não têm conhecimento destes casos. A recomendação é de não atender nem devolver as chamadas. Os valores que podem ser cobrados podem oscilar entre os 5 e os 6 cêntimos por minuto.

Segundo o DN, a Polónia (+48), a Tunísia (+216) e o Mónaco (+377) são alguns dos países envolvidos neste esquema.

O esquema não está a acontecer só em Portugal. As autoridades dos Estados Unidos alertaram a população para o mesmo problema. Ao atender o telemóvel, quando responde “sim” à pergunta “Consegue ouvir-me” está basicamente a aceitar os encargos daquela chamada, alertou Susana Grant, diretora da proteção do consumidor na Federação Americana do Consumidor.

No fundo esse “sim” é usado como prova de que “aceitou” os encargos e contas extra cobradas posteriormente em cartões de crédito ou contas de telefone.

O esquema é rebuscado e é a nova forma de burla usada pelo mundo fora. 

Veja também: 

 

 

PUB