Cristiano Ronaldo enganado por burlona: Craque foi lesado em 288 mil euros

Cristiano Ronaldo foi burlado por uma agente de viagens em 288 mil euros, valor que já foi reembolsado pela empresa onde a mulher trabalhava. A burla foi levada a cabo ao longo de três anos.

20 Set 2021 | 16:44
-A +A

Cristiano Ronaldo foi burlado por uma agente de viagens em 288 mil euros. A burla foi levada a cabo ao longo de três anos, entre fevereiro de 2007 e julho de 2010, e é agora avançada por um jornal diário.

De acordo com o Jornal de Notícias, Cristiano Ronaldo terá confiado os seus cartões de crédito e respetivos códigos a uma funcionária de uma agência de viagens. Esta mulher tinha um escritório nas instalações da Gestifute para tratar das viagens de vários jogadores e das famílias e, supostamente, era uma pessoa da total confiança, que tratava de todos os assuntos com confidencialidade. O valor que retirou ao jogador corresponde a cerca de 200 viagens que o craque nunca fez.

Cristiano Ronaldo não foi a única vítima desta mulher, de 53 anos. Jorge Mendes, as suas empresas Gestifute e Polaris e os futebolistas Nani e Manuel Fernandes perderam um total de 350 mil euros.

A burlona foi condenada pelo Tribunal do Porto, em 2017, a uma pena de quatro anos de pena suspensa. A agência de viagens em questão reembolsou na íntegra os lesados e a antiga funcionária paga todos os meses uma indemnização à empresa.

 

Texto: Patrícia Correia Branco; Fotos: Reprodução redes sociais

PUB
Top