Cristina Areia tem nova profissão

Cristina Areia abandonou carreira de atriz e tem nova vida. Saiba tudo!

19 Ago 2017 | 16:11
-A +A

Cristina Areia fartou-se das dificuldades do mundo da Representação e abraçou um novo desafio profissional. A atriz vive agora no Reino Unido, onde trabalha como auxiliar de enfermagem. Para esclarecer as dúvidas que se têm levantado sobre a sua vida profissional, Cristina Areia fez um esclarecimento público, no qual garante estar feliz com esta escolha, ao mesmo tempo que diz não tencionar regressar a Portugal mesmo tendo muitas saudades. 

O que faço no Reino Unido? (Para responder a quem me tem perguntado)
Sou auxiliar de enfermagem num hospital privado em Londres – a minha especialidade em Demência é na área da divulgação desta doença ao staff do hospital, médicos, enfermeiros,famílias de pacientes, etc (porque o meu hospital não é um hospital de idosos, é para o público em geral, aliás, é muito semelhante aos hospitais CUF em Portugal, embora sem serviço de emergência médica, 80% das intervenções são cirurgias estéticas e corretivas)… e a divulgação é feita através de palestras informais, apresentações e a minha total disponibilidade total para responder a toda a comunidade sempre que surjam dúvidas”.

No mesmo texto, Cristina Areia revela que pretende ser enfermeira e que vive longe da filha.

“A partir de Setembro estarei a estudar e a trabalhar -no hospital- com a finalidade de finalmente ser enfermeira, a convite do hospital e com a colaboração de uma faculdade de Londres. Estou muito feliz, vivo perto do hospital, num sítio maravilhoso e rodeada de natureza e desloco-me de bicicleta. Tenho quatro amigos portugueses que são a minha família aqui -literalmente – a Ana Martins o Né Calixto, o Derek kok e a Rita Santos. A minha filha vive em Portugal mas vem para cá em todas as férias escolares e sempre que pode, como é o caso, no momento ( interrompi as minhas férias com ela só para esclarecer isto convosco, queridos amigos). Diz que está é ‘a minha casa em Londres’ . Tenho muitas saudades de Portugal – é constante, como um subtexto- mas não penso voltar.
Beijinhos a todos e viva Portugal e Inglaterra.” 

Veja também:

 

PUB
Top