Cristina Ferreira está na SIC há um ano. Estes foram 7 momentos mais marcantes!

No dia em que O Programa da Cristina comemora um ano, a TV 7 Dias mostra-lhe quais foram os momentos mais marcantes do programa que veio revolucionar as manhãs da SIC.

07 Jan 2020 | 8:00
-A +A

O dia 7 de janeiro ficará para sempre associado ao dia em Cristina Ferreira se estreou na SIC. Passou um ano e, em jeito de celebração, o site da TV 7 Dias revela-lhe os sete momentos mais marcantes do programa que revolucionou as manhãs da televisão nacional.

O telefonema de Marcelo

No programa de estreia, Cristina Ferreira foi surpreendida com um telefonema do Presidente da República, no início da segunda parte. Marcelo Rebelo de Sousa recordou que tinha sido o primeiro entrevistado da revista Cristina, em 2015, e desejou-lhe felicidades para o novo programa.

A conversa entre os dois demorou cerca de um minuto, com o Presidente a despedir-se, dizendo que tinha de ir para uma reunião. Cristina Ferreira não conteve as lágrimas.

Diogo Amaral revela vício em drogas

Em julho, Diogo Amaral foi um dos convidados da apresentadora e revelou, em direto, que tinha tido problemas de dependência de drogas. «Vou usar o teu programa, se me permitires, para libertar uma coisa que quero libertar há algum tempo», começou por dizer.

A seguir, contou que teve «um problema relacionado com adições» durante sete meses, e que coincidiu com a altura em que começou a trabalhar no canal de Paço de Arcos. «Contei ao Daniel Oliveira, não o conhecia de lado nenhum, é o meu patrão, e não hesitou um segundo: ‘pá, estamos contigo’. Por isso preciso de fazer este pedido de desculpa à SIC», disse.

Diogo Amaral falou também da forma como este problema afetou a sua relação com Jessica Athayde: «Está a fazer um ano que fui acabar com a Jessica, porque ela não merecia estar a levar com uma coisa destas e fui ter com um amigo meu, irmão de coração, o Ljumobir, e disse-lhe ‘preciso que arranjes uma clínica e só posso ir agora».

«Fiz coisas terríveis. Tu fazes coisas terríveis. E eu menti à Jessica, sempre, menti a tanta gente. Conseguia fingir que estava tudo bem. Não usava quando estava a trabalhar, nem quando estava com o meu filho… Mas arranjava maneira de por o meu filho na casa da minha mãe para usar… Mas sou um sortudo do caraças. Tive a sorte de passar por isto tudo… Estive numa clínica na Escócia, que é o planeta dos horrores. É um hospital, tiram-te o telemóvel, revistam-te todos os dias, é horrível. Aquilo que eu vi ali faz-me não querer voltar ali».

António Costa e a famosa cataplana

No dia 5 de março, António Costa foi às manhãs da SIC. Foi o primeiro membro do governo a ir ao programa de Cristina Ferreira e não se limitou a dar uma entrevista. O primeiro Ministro mostrou os seus dotes culinários e cozinhou uma cataplana de peixe, fazendo com que a SIC batesse recordes de audiências. O resultado atingiu uma média de 745 mil espetadores.

Ângelo Rodrigues dá a primeira entrevista depois de ter estado entre a vida e a morte

A 7 de dezembro, Ângelo Rodrigues quebrou o silêncio depois de ter estado dois meses internado a lutar pela vida, depois de alegadamente ter injetado testosterona nas nádegas.

O Programa da Cristina foi emitido à noite e conquistou 1 milhão e 272 mil seguidores. No entanto, apesar de ter sido um sucesso de audiências, a apresentadora e o ator foram alvo de várias críticas. Em causa, esteve o facto de Ângelo Rodrigues não ter falado sobre a causa da infeção.

O ator, que regressou entretanto ao trabalho no telefime de Natal de Golpe de Sorte, revelou vários pormenores sobre o seu estado de saúde e sobre o tempo que passou no hospital. «No total fiz sete operações. E estou aqui. Todas as intervenções que fizeram foi para garantir a minha sobrevivência», afirmou.

Ângelo contou ainda que esteve quatro dias em coma e que, quando acordou sofreu de amnésia temporária.

Telespectador usa prémio para pagar funeral da mulher

A 14 de maio, Cristina Ferreira foi surpreendida por um telespectador que, ao receber o telefonema da apresentadora para lhe dar um prémio, revelou que ia usar o dinheiro para pagar o funeral da mulher.

No dia seguinte, Fernando foi o convidado especial de Cristina e emocionou os portugueses – e a própria apresentadora – ao contar a sua história.

Fernando descobriu que Aida sofria de um cancro no pâncreas depois de vários exames. O sinal foi o tom de pele amarelado e o veredito não tardou a chegar. «A médica disse que tinha de ser operada. Que o estilo de vida dela ia desaparecer e que não teria mais do que um ano, um ano e picos de vida», começou por contar.
Cristina Ferreira abraçou-o e não mais o largou. Toda a conversa de mais de 30 minutos, foi feita com a apresentadora com o um braço à volta do pescoço. Os dois choraram juntos. «Ela foi uma grande companheira», disse ainda o homem.

O bebé que sobreviveu à morte da mãe

A história de Catarina Sequeira, que esteve em morte cerebral e que foi mantida viva durante vários meses por estar grávida, comoveu o país. O bebé, Salvador, acabou por nascer e as máquinas da mãe foram desligadas.

A 28 de março, a mãe de Catarina, Maria de Fátima Branco, esteve no Programa da Cristina para homenagear a filha. «Não quero partilhar a minha dor, não estou aqui para isso. Quero, sim, homenagear a minha filha e encerrar este capítulo», conta.

Com apenas 26 anos, e grávida de três meses, Catarina Sequeira entrou em morte cerebral, a 26 dezembro de 2018, depois de sofrer um ataque de asma. A equipa médica decidiu mantê-la viva para dar ao feto a oportunidade de se desenvolver.

Luciana Abreu faz declaração inédita sobre Yannick Djaló

A 8 de fevereiro, Yannick Djaló deu uma entrevista a Manuel Luís Goucha, transmitida no Você na TV!, na TVI, na qual acusou Luciana Abreu de o afastar das filhas, Lyonce, de oito anos, e Lyannii, de seis.

Uma semana depois, no dia 14, Luciana Abreu esteve no programa da manhã da SIC e leu um comunicado, redigido pelo seu advogado, e respondeu a todas as acusações feitas pelo jogador.

«Nunca proibi o Yannick de estar com as filhas, em casa. Ele é o pai delas e é respeitado, mas o Yannick não pode ver as filhas com jornalistas e paparazzi das revistas a acompanhá-lo. Não pode importunar o período escolar, nem o descanso a que elas têm direito», afirmou.

Neste comunicado, Luciana Abreu negou ter recebido mais de 100 mil euros referentes a pensões de alimentos – valor que Djaló disse a Goucha ter pago – e ainda acusou o ex-marido de manter encontros com acompanhantes de luxo.

Texto: Patrícia Branco/ Fotos: DR

 

Veja também:
5 Para a Meia-Noite regressa em grande com Cristina Ferreira
Cristina Ferreira: O lado negro do sucesso

PUB
Top