Cristina Ferreira acusa SIC de estar “centrada no uso e exploração da sua imagem”

Cristina Ferreira já respondeu ao processo movido pela SIC. A apresentadora acusa a sua antiga casa de não ter cumprido com o prometido e de explorar a sua imagem.

16 Dez 2020 | 22:50
-A +A

Dois meses depois de ter pedido o prolongamento para responder à SIC, Cristina Ferreira apresentou a sua versão dos factos ao tribunal. A apresentadora centra grande parte da sua defesa na promessa não cumprida de ter um cargo na direção de programas da SIC, apesar de afirmar que tal lhe foi prometido.

Na sua defesa, a agora Diretora de Entretenimento e Ficção da TVI diz que, apesar da promessa, nunca lhe foi pedida “nenhuma colaboração relativa à segunda vertente da atividade [N.R. apresentação]”. A defesa acusa ainda a SIC de estar “centrada no uso e exploração da sua imagem e denunciar elementos da sua personalidade”.

A defesa de Cristina Ferreira revela ainda que por várias vezes se queixou do poder que lhe foi prometido e não cumprido em “almoços ocorridos entre si e Francisco Pedro Balsemão, onde este, ouvindo-a, lhe assegurou que iria mudar esta situação”. Ainda assim, a defesa manifesta que essa mudança não “ocorreu até ao termo do contrato”.

Daniel Oliveira, o Diretor-Geral de Entretenimento da Impresa, é apenas visado uma vez na defesa. Na resposta à petição da SIC, é alegado que “ele não mantinha relação com a Ré e não a consultava, mesmo após aquelas promessas de Francisco Pedro Balsemão”.

 

Leia a defesa completa de Cristina Ferreira e saiba quanto dinheiro ela pede à SIC, além de solicitar a absolvição, na edição desta semana da TV 7 Dias. Nas bancas a partir desta quinta-feira, dia 16 de dezembro.

 

TV 7 Dias

 

Texto: Luís Correia; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB
Top