Cristina Ferreira confessa fragilidades: «A força aparente nem sempre é a que existe»

Cristina Ferreira fez um desabafo nas redes sociais quanto aos últimos dois meses da sua vida, altura em que deixou a SIC. «Foi muito duro. Talvez o período mais difícil da minha vida», confessa.

06 Out 2020 | 18:50
-A +A

Cristina Ferreira usou as redes sociais para fazer um desabafo, no qual assume que os últimos dois meses, altura em que trocou o canal de Paço de Arcos pela TVI, não têm sido fáceis.

No dia em mostrou ter fair play e felicitou a SIC pelo 28.º aniversário, a diretora de Entretenimento e Ficção da TVI revelou nem sempre ter força para enfrentar os obstáculos e críticas que têm surgido.

«Durante quase 2 meses deixei que a agressividade e os sentimentos menos bonitos fizessem parte do meu dia a dia. O silêncio será sempre a forma que terei de me defender. Tentei encontrar-me porque a força aparente nem sempre é a que realmente existe», começou por referir, assumindo alguma fragilidade. «Sou gente como todos vi, li, senti tudo o que de pior possam imaginar. Foi duro, muito duro. Talvez o período mais difícil da minha vida», reconheceu a apresentadora.

 

«Nada nem ninguém me fará mal»

A terminar, a apresentadora, que esta quinta-feira, 8 de outubro, irá conduzir mais um Dia de Cristina, adianta ainda: «O amor pelo qual me norteei sempre não era suficiente para eu me sentir bem. Hoje decidi que mais nada nem ninguém me fará mal e seguirei o caminho que escolhi».

Texto: Carla S. Rodrigues; Fotos: Instagram e Arquivo
Leia ainda:
Cristina Ferreira põe divergências de lado e dá os parabéns à SIC
Cristina Ferreira e Ruben Rua juntos na Comporta. Rumores de romance cada vez mais fortes

PUB
Top