Cristina Ferreira: “Eu não sou uma máquina”

A apresentadora está desiludida com os portugueses porque “desejam o tal fracasso”

08 Fev 2017 | 11:19
-A +A

CRISTINA FERREIRRA escreveu no seu blog o texto que leu no comunicado de imprensa onte contou tudo sobre a sua revista mas não só. A apresentadora também quis desabafar sobre o que sentiu depois de ver as notícias que circulavam em Portugal. 

“Fui dizendo nos últimos tempos que adorava poder falhar, meter-me em coisas só porque sim, por paixão, para experimentar, para ir e ter de voltar. Eu não sou uma máquina” escreveu, afirmando que gostaria de poder falhar, no entanto, a pressão que sente é tão grande que não se pode permitir a que tal aconteça. 

Cristina está ainda desiludida com o jornalismo de alguns por, segundo ela, escreverem coisas sem “verdade” porque o seu nome “vende“. Mesmo longe foi impossível ficar afastada de todas as notícias de que fui alvo durante a semana. “Fracasso”, “problemas”, “erro”, “fim”, eram palavras apetecíveis de juntar a um nome que “vende” como o da Cristina” escreveu no seu blog.

A apresentadora afirma que o anúncio só agora foi feito por respeito ao seu parceiro económico, a Masemba: “E este é um processo no qual trabalho há meses e que esperava pelo fim de Fevereiro para o seu anúncio, por respeito à Masemba, a quem agradeço estes dois anos de parceria e cooperação”.

Cristina concluiu  o texto afirmando que vai continuar a trabalhar e qua não tem medo de o fazer seja Aqui ou a vender bifanas.”

PUB
Top