Cristina Ferreira fala sobre FLATULÊNCIA e atira: «Estiveste a dar puns, Cláudio Ramos»

A dupla das manhãs da SIC começou o programa a falar sobre flatos. O ‘vizinho’ ficou agoniado e ainda revelou: «Na nossa redação, às vezes, as pessoas fazem isso».

26 Abr 2019 | 19:10
-A +A

«Estiveste a dar puns, Cláudio Ramos. Para estares tanto tempo ali enfiadinho [no WC]… Tu nem me pedes para ir à casa de banho.» Foi desta forma, insólita, que Cristina Ferreira iniciou a emissão desta sexta-feira, 26 de abril, d’O Programa da Cristina, da SIC.

Depois de, já por diversas vezes, ter falado sobre sexo e de ainda ter falado sobre pénis na emissão de terça-feira, o tema debatido no último programa desta semana foi a flatulência. A apresentadora já referiu mais do que uma vez que acha importante abordar estes assuntos sem tabus.

O clínico Almeida Nunes chegou de rompante ao closet de Cristina Ferreira e interrompeu a anfitriã da casa e o seu vizinho: «Que conversa é esta? Estão a falar de gases, puns, flatos, o que é isto?»

 

«Um pum não é muito mais bonito?»

 

«Flato não tem tanta graça. Um pum não é muito mais bonito?», perguntou a apresentadora, deixando o ‘vizinho’ visivelmente incomodado. «Porque é que tu ficas tão enervado a falar de puns?», questionou Cristina a Cláudio. «Não gosto da palavra! Tudo o que é escatológico me faz impressão», respondeu.

«Mas tu dás», afiança a estrela da SIC, com um sorriso maroto. «Oh doutor!», diz o ‘vizinho’, pedindo auxílio a Almeida Nunes. O profissional de saúde não vai na cantiga do ‘vizinho’ e revela: «Cláudio, não esteja com coisas. É algo normal!»

«Eu só acho é que há certas coisas que devem ficar na intimidade da casa de banho», continua o também comentador do programa Passadeira Vermelha, da SIC Caras. «Sim, mas olha que há pessoas que têm graves problemas à conta dos puns. Temos de explicar às pessoas como é que os resolvem», atirou a ex-colega de Manuel Luís Goucha. «Então vamos ajudar as pessoas, mas eu estou muito bem resolvido», rematou Cláudio.

 

«É festa todos os dias!»

 

A conversa continua até que se fala em dar flatos à frente do namorado ou namorada. «Quando se começa a perder o respeito pelo outro é quando se começam a dar puns mesmo ao lado. É verdade. É, é», revelou Cristina, atirando ainda: «Durante o namoro, é raro o namorado que dá puns à frente da namorada. Quando se casam, é festa todos os dias!»

O médico revela que mais de 90% dos flatos são inodoros e que só uma pequena percentagem, correspondente ao gás metano, «o gás dos pântanos», é que cheira mal.

 

Cláudio Ramos fica agoniado

 

«Você não imagina, doutor. Estou a ficar com uma agonia. Estou a imaginar as pessoas a fazerem isso, todas juntas, no metro», interrompeu Cláudio Ramos. «Se 90 e tal por cento não cheira, imagina a quantidade que anda para aí», avançou Cristina, deixando a plateia a rir às gargalhadas: «No meio da confusão é bom, porque ninguém sabe de onde veio!»

«Na nossa redação, doutor… às vezes as pessoas fazem isso», atirou o comentador. «É a redação da noite, de certeza», defendeu a apresentadora. «Já sei. Anda ali muita gente a fumar aqueles cigarros… Ai de quem anda a dar puns na nossa redação», continuou.

Almeida Nunes revelou ainda que o normal é uma pessoa dar dez puns por dia. «Vamos lá contar. Olhe eu já dei três. Olhe já dei cinco», brincou a anfitriã d’O Programa da Cristina. Perante isto, o clínico contou que quando era jovem fez um concurso de flatos com um amigo: «Quem chegasse primeiro aos cem, pagava o jantar ao outro».

«Esta nossa conversa tem sido poesia desde o primeiro minuto», rematou Cristina Ferreira.

 

VEJA TAMBÉM:
AUDIÊNCIAS: Cristina faz QUASE O DOBRO de Maria Cerqueira Gomes!
Cristina usa sapatos oferecidos por Goucha. Presente custou MAIS DE 1000 EUROS!
Cristina Ferreira faz SORRISO MAROTO ao recordar pénis de Casinhas!
Saiba quem é o HOMEM MISTÉRIO que viajou com Cristina Ferreira!

 

Texto: Redação WIN – Conteúdos Digitais | Fotografias: reprodução Instagram

PUB
Top