Cristina Ferreira revela: “Nuno Eiró foi uma das primeiras pessoas com quem falámos”

Cristina Ferreira confidenciou que Nuno Eiró “foi uma das primeiras pessoas” com quem marcou uma reunião desde que regressou à TVI. O apresentador volta à antena já no próximo domingo.

06 Jan 2021 | 8:50
-A +A

O regresso de Nuno Eiró à TVI, de onde saiu há quatro anos para se mudar para a CMTV, estava a ser pensado por Cristina Ferreira desde que esta assumiu funções de Diretora de Entretenimento e Ficção do canal de Queluz de Baixo. Em conversa com os jornalistas, a também apresentadora confessou que o comunicador “foi uma das primeiras pessoas” que contactou e convocou para uma reunião.

“Hoje é, para mim, um dia muito feliz. O Nuno esteve ao meu lado no início de alguns projetos enquanto eu estive na TVI durante 15 anos e por isso mesmo ele foi uma das primeiras pessoas com quem esta Direção de Entretenimento falou e que convocou para uma primeira reunião. O primeiro encontro físico aconteceu há uns dois meses, mas quando eu assumi a Direção houve logo um primeiro contacto para eu perceber como é que ele estava e de que forma estava a ver o futuro dele“, confidenciou Cristina Ferreira.

Além da ligação pessoal, Cristina vê em Nuno Eiró o “ADN” da TVI. “Eu ouvi sempre, mesmo quando estava na SIC, que o Nuno era um rosto da TVI e que era uma pena ele não estar num canal generalista, não estar em algum formato que tivesse este contacto imediato com o grande público”, justificou ainda.

 

Cristina Ferreira: “Nuno Eiró é um grande tijolo na construção desta casa”

 

Nuno Eiró vai ocupar um formato novo, que se estreia ainda este trimestre mas com data certa por anunciar, que misturará Entretenimento e Informação e que vai para o ar entre as 7 e as 10 horas, imediatamente antes de “Dois às 10”, com Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz. Vai partilhar o programa com a jornalista Sara Sousa Pinto.

Além disso, fará novamente parte do leque de apresentadores do “Somos Portugal” já a partir do próximo domingo, 10 de janeiro. “Pensamos em vários formatos em que ele se poderia encaixar – e é tão bom para um apresentador haver a noção de que se pode encaixar em vários formatos. Estão escolhidos esses dois formatos. A versatilidade dele agrada-nos muito”, prosseguiu Cristina Ferreira.

O regresso de Nuno Eiró faz parte da estratégia da TVI. É “uma peça fundamental”, sublinhou Cristina Ferreira, frisando que o “caminho” que a TVI está “a construir” é feito, “acima de tudo, de transparência, e de bases muito sólidas”. “Isso é a nossa forma de estar e de trabalhar na TVI. O Nuno é um grande tijolo na construção desta casa para que o futuro seja muito sólido e a liderança seja, também ela, consolidada”, explicou.

Já Nuno Eiró destacou que o convite da TVI foi ao encontro do que queria fazer em televisão. “Há uma conjuntura entre o que eu queria realmente fazer, profissionalmente, e aquilo que me deram para fazer. Essa é a responsabilidade maior: eu ter pedido. Pedido no sentido de ter sonhado”, admitiu.

 

Texto: Ana Filipe Silveira e Patrícia Correia Branco; Fotos: reprodução redes sociais

 

VEJA TAMBÉM:
“Saiu o tiro pela culatra a Cristina Ferreira. O que é demais enjoa”

PUB
Top