Dalila Carmo chora morte da avó aos 96 anos: “O meu amor”

A atriz Dalila Carmo perdeu uma das pessoas mais importantes da sua vida. “Um dia não amanheceu. A minha avó. O meu amor”, escreveu nas redes sociais

14 Nov 2020 | 13:50
-A +A

Dalila Carmo está de luto pela morte da avó. A notícia foi avançada pela própria atriz nas redes sociais, na manhã deste sábado, 14 de novembro.

“Um dia não amanheceu. A minha avó. O meu amor. 1924-2020”, lê-se numa publicação partilhada na sua página oficial de Instagram que legenda uma imagem, a preto e branco, onde é possível ver Dalila com a familiar.

Já nas InstaStories da mesma plataforma, a atriz disponibilizou algumas imagens de ambas. (ver na galeria).

O apoio de fãs e amigos

Vários seguidores e amigos de Dalila Carmo mostraram-se sensibilizados e rapidamente deixaram uma palavra de apoio neste momento de dor. “Minha Dalila, meus sinceros sentimentos a ti e para toda família”, escreveu a atriz brasileira Tassia Carmargo, uma grande amiga da atriz portuguesa.

João Reis, Pedro Hossi e Manuela Couto foram outras caras conhecidas que mostraram o seu apoio através de uma mensagem. Já os fãs anónimos também fizeram questão de apoiar a atriz neste momento difícil: “Força”, “Todo o meu amor” ou “Abraço quentinho” são alguns dos comentários.

O reencontro no 96º aniversário da avó de Dalila

A avó de Dalila Carmo era uma pessoa muito importante na sua vida. Em julho deste ano, a atriz partilhou uma fotografia da avó no dia em que esta celebrou 96 anos e que marcou o reencontro das duas depois de vários meses afastadas devido à pandemia de covid-19.

“Queria ir aos anos da minha avó. Perdemos o contacto físico e é uma geração que não funciona por zoom. É mesmo difícil. Na minha família, somos poucas pessoas e ainda se sente mais essa distância. Fui de viseira ao Porto quando a minha avó fez 96 anos. Está ótima. Foi ao almoço com saltos altos, continua a arranjar-se e a maquilhar-se. Está impecável e linda”, escreveu, referindo que, antes de partir, fez o teste à covid-19, para garantir que estava bem.

Dalila escrevei ainda na mesma publicação: “A verdade é que é a minha avó que me empurra um bocadinho para essas coisas. Tenho necessidade de me pôr mais bonita quando me vou encontrar com ela, porque ela chama-me a atenção de tudo. Gosto de ter boa apresentação porque sei que a minha avó gosta de mim bonita”.

 

Leia ainda:
Dalila Carmo agraciada com dois Troféus Impala de Televisão
Exausta, Dalila Carmo admite estar no seu limite
Dalila Carmo sofreu acidente que não a deixa andar
Texto: Márcia Alves e Patrícia Correia Branco; Fotos: reprodução redes sociais

PUB
Top