David Carreira ameaçado de morte: “Às vezes é da boca para fora, só para provocar”

Foi no documentário “Os Sonhos Não Têm Teto”, que David Carreira falou sobre este episódio menos positivos na sua carreira.

14 Fev 2021 | 18:00
-A +A

Os dois primeiros episódios do documentário de David Carreira, “Os Sonhos Não Têm Teto”, foram transmitidos na noite deste sábado, 13 de fevereiro, na SIC. A certa altura, falou-se da ameaça de morte que o artista recebeu durante um concerto, em julho de 2019.

“Houve uma ameaça de morte para o David durante um concerto”, começa por contar o amigo Juneid Faruk. “Senti a equipa muito stressada. Começaram a encaminhar-me para o camarim e eu comecei a achar estranho”, recorda o filho de Tony Carreira.

“Explicámos-lhe e ele até pareceu calmo: ‘Essas coisas acontecem. Às vezes é da boca para fora, só para provocar'”, continua o empresário.

David Carreira de olhos “bem abertos” durante sessão de autógrafos

David Carreira quis fazer na mesma a sessão de autógrafos, como faz sempre depois de terminar um concerto. No entanto, confessa que estava sempre de olhos “bem abertos”: “Comecei a olhar para baixo, para as mãos [das pessoas], olhar para a cara, a ver se via alguém que pudesse ser perigoso, ou que pudesse ter segundas intenções.”

Veja as fotos na nossa galeria.

Lesão com consequências: David Carreira afastado das gravações de “Bem Me Quer”

David Carreira sofreu uma lesão no braço que, como consequência, o obrigou a afastar-se momentaneamente das gravações da novela da TVI “Bem Me Quer”. A revelação foi feita… na SIC. O cantor e ator conversou, por videochamada, com Diana Chaves e João Baião, na emissão desta sexta-feira, 12 de fevereiro, de “Casa Feliz”, revelando que vai ter de ficar em repouso para recuperar da rotura muscular.

“Fiz uma rotura num músculo, portanto, estou a descansar em casa”, disse David Carreira à dupla de apresentadores do matutino da estação de Paço de Arcos. “É a velhice”, brincou, logo a seguir.

Rasguei um músculo no braço

A lesão aconteceu recentemente. Durante o concerto solidário “Amor em Casa”, o cantor já estava magoado. “Para quem viu a live, as pessoas não sabiam, mas eu rasguei um músculo no braço e, então, estava com uma mão deste tamanho e com a outra normal”, contou, entre sorrisos, enquanto fazia um gesto a demonstrar como esteve com a mão inchada.

Texto: Ivan Silva com Carolina Sousa; Fotos: reprodução Instagram

Leia também:
David Carreira recorda Sara: “Não teve tempo para mostrar todo o talento que tinha”

PUB
Top