DE LUTO, ex de Fanny LAMENTA: «Acreditam que todos se recusaram?»

O ex-namorado de Fanny, Sandro Lima, que está a lutar contra uma leucemia, perdeu um amigo que não resistiu ao cancro. Sandro Lima partilhou a indignação nas redes sociais.

28 Fev 2019 | 15:50
-A +A

Sandro Lima que se encontra, há quase dois anos, a lutar contra uma leucemia, acabou de perder um amigo que não resistiu ao cancro, nesta terça-feira, dia 28 de fevereiro.

«Tão triste que estou ao escrever e publicar este post. Mas sinto que tenho de o fazer! Infelizmente, ontem perdi mais um irmão de Guerra. Mais um. O grande Fábio. E tanto que me dói. E sabem porquê? Porque existem pessoas com coragem de serem dadoras de medula óssea e quando contactadas para doarem, recusam-se», começou por expôr o ex-namorado de Fanny. «O Fábio tinha 3 dadores compatíveis e acreditam que todos se recusaram? Uma vergonha!», contou, ainda, entristecido e profundamente indignado.

Leia ainda: EX de Fanny REGRESSA a CASA: «sou um transplantado de medula óssea»

 

«Até um dia, irmão de Guerra»

Na publicação, o futebolista lamenta o sucedido, que se não tivesse acontecido dessa forma, poderia ter salvo a vida do amigo. «Não é caso único nem será o último, infelizmente. Por lei isto não devia ser permitido. Não se brinca com a vida de ninguém! Se querem ser dadores sejam, e nós agradecemos, mas não sejam dadores só para dizerem que são dadores. Sejam dadores com o coração. Dadores que salvam vidas como aquele que salvou a minha», acrescentou.

E desvenda a identidade do amigo: «O Fábio era um jovem adulto, barman, cheio de alegria, que adorava rock e que só queria poder viver como todos nós.»

Espreite: Ex-namorado de Fanny Rodrigues VENCE LEUCEMIA e sai do hospital

 

Sandro e Fábio conheceram-se em março de 2018, num dos imensos internamentos no Hospital de Coimbra. «Foi meu companheiro de quarto. Meu irmão de Guerra. Tanto que conversávamos, que desabafávamos, que partilhávamos. Tanto que lutámos juntos. E juntos tanto que sofremos. Hoje, amigo, não sofres mais. Lutaste com tudo o que tinhas. Sei disso. Ainda esta semana desabafavas comigo…», pormenoriza.

O ex-namorado de Fanny conclui o texto de homenagem, dirigindo palavras de conformo ao rapaz.

«’My friend’, como me chamavas, espero que tenhas encontrado a paz e tranquilidade que tanto desejavas. Descansa em paz. Até um dia, irmão de Guerra», terminou.

Texto: Tânia Cabral; Fotos: Reprodução Instagram

 

PUB
Top