De mãos atadas: Donald Trump bloqueado por Facebook, Instagram e Twitter

O presidente cessante dos Estados Unidos, Donald Trump, tem as contas de Facebook, Instagram e Twitter bloqueadas temporariamente. E já foi ameaçado com uma “suspensão permanente”.

07 Jan 2021 | 15:30
-A +A

A conta de Twitter de Donald Trump foi bloqueada temporariamente esta quinta-feira, 7 de janeiro. A rede social exigiu ao presidente cessante dos Estados Unidos que retire as mensagens que desculpam a violência. Foi ainda ameaçado com uma “suspensão permanente”.

O Facebook e Instagram também avançaram com inibições. Antes da suspensão, o Facebook já tinha removido um vídeo de Donald Trump em que este recomendava aos seus apoiantes para irem para casa, repetindo, no entanto, as falsas acusações à integridade da eleição presidencial.

O vice-presidente da Facebook para a Integridade, Guy Rosen, escreveu quarta-feira no Twitter que o vídeo foi removido porque “aumenta, mais do que diminui, o risco de violência”. “Esta é uma situação de emergência e estamos a tomar as medidas de emergência adequadas, incluindo remover o vídeo do presidente Trump”, afirmou Rosen.

Mais tarde, foi a vez do Facebook anunciar a suspensão do republicano por um período de 24 horas, estando assim impedido de fazer qualquer tipo de publicação.

Recorde-se que apoiantes de Donald Trump entraram em confronto com as autoridades e invadiram o Capitólio. Membros do congresso que estavam reunidos para formalizar a vitória de Joe Biden, ficaram reféns nas instalações do icónico edifício.

 

Acompanhe a atualidade informativa no Portal de Notícias Impala.

 

Fotos: reprodução redes sociais

 

VEJA TAMBÉM:
Iva Lamarão relata encontro com Donald Trump: “Tive de me ir mudar”

PUB
Top