Dentista João Espírito Santo reage às acusações de agressão

João Espírito Santo, o médico dentista do Dois às 10, da TVI, esclareceu tudo o que aconteceu com a paciente que o acusa de agressão.

01 Mar 2024 | 13:01
-A +A

João Espírito Santo respondeu, oficialmente, às acusações de agressão por parte de uma paciente. O dentista do Dois às 10, da TVI, emitiu um comunicado. “A verdade é: o que relata não corresponde de todo ao ocorrido. A pessoa em causa, sempre que precisou de cuidados médicos foi atendida. Este atendimento foi sempre realizado em segurança respeitando as normas e protocolos de boas práticas clínicas e de atendimento, mais: O paciente é sempre informado previamente e é sempre colhido o seu assentimento depois de esclarecido. No caso, este ato, está formalmente exarado.”

Leia aqui o texto na íntegra:

“Efetivamente, o que aconteceu na consulta de urgência de 10.2.2024 foi na observância dos atos médicos, mostrando-se a pessoa em questão sempre consciente e cooperante. Finda a intervenção foi realizar exames de diagnóstico complementar findo o qual ocorreu reunião no consultório já com o marido para definir a continuação do tratamento.

Em verdade, a pedido médico, esteve marcada para Janeiro uma consulta de acompanhamento, que só por a pessoa em questão ter faltado não ocorreu. Só após 12 dias dessa falta é que contatou a clínica e foi agendada uma consulta de carácter de urgência que se realizou em menos de 12 horas. Todos os atos realizados, reitera-se, foram realizados em segurança respeitando as normas e protocolos de boas práticas clínicas e de atendimento. Os serviços prestados encontram se por liquidar.

O signatário já efetuou a competente participação criminal. Até ao momento não obstante de prejuízos causados não houve qualquer notificação pelas entidades competentes para prestar os supostos esclarecimentos. É surpreendente como a comunicação social foi utilizada como instrumento para superar o que deve ser feito pelas instâncias competentes. Subscrevo renovando os melhores cumprimentos e disponibilizo-me pessoalmente para demonstrar à direção do erro em que incorreu. Respeitosos cumprimentos, Prof. Doutor João Espírito Santo.”

Texto: Joana Dantas Rebelo
Fotos: redes sociais
PUB