Dia da Criança: Pequenos talentos da televisão escrevem carta a alguém especial

A 1 de junho celebra-se o Dia da Criança e a TV 7 Dias fez uma proposta a várias caras da televisão. Os nossos jovens atores escreveram uma carta a alguém muito especial. Saiba a quem!

01 Jun 2021 | 11:10
-A +A
Nesta terça-feira, 1 de junho, celebra-se o Dia da Criança. Por isso mesmo, a TV 7 Dias conversou com alguns pequenos grandes talentos nacionais e fez-lhes uma proposta: escreverem uma carta para eles mesmos, mas para quando forem adultos.
O que será que os nossos mini-atores têm a dizer a eles próprios em idade adulta?
Descubra em baixo.

Mel Barbosa, “Bem Me Quer”, TVI

Olá, Mel,
Quando eras criança adoravas ir à escola, fazer surf com o papá e ir à piscina. O teu grande sonho era um dia poderes trabalhar com o Lucas Neto e Giovana, no Brasil. Ambicionavas ser uma YouTuber e Tiktoker. Quando fosses grande querias ser uma atriz reconhecida, e nos tempos livres ser polícia para prender os meninos malvados. O que mais gostavas de brincar era de fidget toys e ao faz de conta que sou…. uma personagem da Disney. E mais importante que tudo, eras muitoooo feliz!

 

Diogo Dourgette, “Amar Demais”, TVI

Olá Diogo do futuro,

Queria lembrar-te um pouco do Diogo do passado, que gostava de brincar na rua com aviões, jogar ténis, brincar com o irmão, com os primos e os amigos… Nunca te esqueças que brincar é importante mesmo que sejas mais crescido. Não te esqueças também que o Dia da Criança também é para lembrar todas as crianças que não podem brincar por algum motivo e fazer alguma coisa para ajudá-las.

Até já!

Assinado,

Diogo, com 9 anos

Francisco Fernandes, “Amor Amor”, SIC

Olá! Espero que esteja tudo bem contigo como tem estado comigo. Tenho tido imensa sorte, desde projetos profissionais como ator, à vida escolar e sobre tudo às pessoas  que me rodeiam tornando os meus sonhos realidade. Sortudo é como me sinto! Nada me faz mais feliz do que cantar e tocar livremente acreditando que isso se relaciona com “o ser” criança.

Sou ator, sempre fui e serei em todos os locais por onde passo e me sinto bem: das praias do Algarve até ao mar quente dos Açores, passando pelas ruelas  de Lisboa, vivo sonhando cada vez mais. Gostava de ser médico sem deixar morrer em mim o “Mundo das Artes”. Sou uma pessoa do mundo em si e feita de felicidade. Fui muito feliz, sou bastante feliz e quero que tu sejas também.

Francisco Fernades

João Pereira, “Bem Me Quer”, TVI

João, venho lembrar-te o quanto eras feliz em criança. Das gargalhadas, do sorriso e da alegria pura e contagiante que transbordavas. Tendo sempre a tua família a ajudar-te na realização do teu sonho de ser ator e principalmente amar-te e fazer-te feliz. Espero que sejas um adulto humilde e que continues a sonhar.

Maria Inês Saraiva, “The Voice Kids”, RTP1

Agora que cresceste, escrevo-te esta carta para lembrar-te como é bom ser criança. Lembras-te dos dias inteiros a cantar, com a cabeça nas nuvens? De tudo ser uma novidade e de te deslumbrares com as coisas simples? De fazeres amigos com facilidade, dos dias cheios e de veres a escola como uma segunda casa? Os adultos dizem que a infância é a melhor fase da nossa vida. Será porque temos sempre alguém para nos encher de mimos, ou por não termos muitas responsabilidades? Eu adoro ser criança! Quem me dera poder parar o relógio.

Maria Inês Saraiva, 12 anos

Mariana Venâncio, “Amor Amor”, SIC

Olá, Mariana,

Escrevo esta carta para, quando for adulta, relembrar a minha infância, que foi tão feliz! Adoro andar de skate no paredão da praia de Carcavelos, ir comer um crepe ao “Farggi”, ir almoçar ao “Café da Esquina”, brincar com o Vasquinho e até provocar o João. E os dias passados com os amigos e família em Tróia…

Amo cantar, representar e dobrar. Foram momentos tão felizes a fazer o meu primeiro teatro, “Um outro conto de Natal”, e a interpretar a Shakira na minha primeira novela “Amor Amor”. Espero que, quando estiver a ler esta carta, tenha a sorte de continuar nesta arte porque serei, certamente, feliz.

Beijinhos,

Maria Eduarda Laranjeira, “A Serra”, SIC

Olá, Maria Eduarda,

Provavelmente estás a ler esta carta e já és adulta. Eu quero que saibas que foste muito feliz enquanto criança, viveste coisas incríveis, porque sempre tiveste os melhores verões. Foste à Disneyland, ao Algarve, ao Brasil, à Alemanha… Sempre foste uma criança que adorava ser livre e brincar com muitos brinquedos e com amigos.

Entre uma brincadeira e outra estiveste a representar no mundo da televisão, ser atriz fez parte da tua infância, eu espero que hoje, quando estiveres a ler esta carta, sejas uma grande atriz e uma boa pediatra como sempre sonhaste. E por fim, espero que sejas muito humilde e uma boa pessoa e nunca te esqueças da criança que tens dentro de ti.

Maria Eduarda

Veja as imagens dos nossos atores e algumas das cartas, na nossa galeria.

Texto: Andreia Costinha de Miranda; Fotos: Gentilmente partilhadas pelos intervenientes deste artigo
Recorde também:
Sabe quem são eles? No Dia da Mãe, veja como eram os famosos em crianças e leia as declarações!

 

PUB
Top