Bronca! Diana revela que esteve em risco de ser expulsa por inventar caso com Pedro Pinto

Diana foi castigada depois de ter inventado um caso amoroso com Pedro Pinto, jornalista da TVI. A ex-concorrente revela agora que esta situação colocou-a quase fora da casa mais vigiada do país.

28 Out 2020 | 17:40
-A +A

Diana tem aproveitado os dias fora do Big Brother – A Revolução para matar as saudades do marido, Lucídio. A ex-concorrente do reality show da TVI tem estado, também, muito presente no mundo online.

Esta terça-feira, dia 27 de outubro, a ex-concorrente natural da Figueira da Foz participou num direto no Instagram em que falou abertamente sobre uma situação polémica, que a colocou em risco de expulsão da mansão da Ericeira. Tudo porque Diana foi longe demais numa missão do Big e inventou um caso amoroso com Pedro Pinto, jornalista da TVI.

Segundo a própria, a produção já estava a tratar de tudo para a sua saída, nomeadamente o hotel, e que o marido tinha sido avisado para a esperar nas imediações da casa. Diana queixa-se, ainda, da dualidade de critérios na atribuição de castigos e desabafa: «se eu soubesse na altura, tinha saído». 

Recorde-se que, na altura, Diana acabou por ser castigada, tendo ficado impedida de ser líder e de ganhar imunidade naquela semana.

Toda a história

Na tarde de quarta-feira, 23 de setembro, Diana fez revelações inesperadas e que deixaram a colega Sofia de boca aberta. Só que tudo não passou de uma missão e de uma mentira inventada pela própria… que teve consequências.

A concorrente da Figueira da Foz foi chamada ao confessionário onde lhe foi dada uma missão: Inventar duas mentiras, mas que não envolvessem figuras públicas. Diana decidiu dizer a Sofia que era sobrinha de Marcelo Rebelo de Sousa, presidente da República, e que tinha tido uma relação com o jornalista Pedro Pinto.

«O André ontem virou-se para mim e disse-me: ‘Eu sei que tu, antes do teu casamento, tiveste uma relação com uma pessoa conhecida’. E fiquei assim: ‘What?’ E ele: Ah sim, com o jornalista Pedro Pinto’», contou Diana a Sofia, quando as duas se encontravam na cozinha.

«Como é que ele soube isso?», questionou Sofia, de boca aberta e visivelmente chocada com a novidade. «A produção sabia, mas disse-me que isso nunca iria sair cá para fora», respondeu Diana, fingindo estar confusa.

Diana acabou por ser sancionada por ter envolvido nas suas mentiras nomes de figuras públicas, pondo em causa o bom nome e integridade das mesmas. «Sei que já pediu desculpa, mas como consequência sou obrigado a expo-la à frente dos seus colegas para que este tipo de situação nunca se repita. Vou ser forçado a penalizá-la e por isso, se os portugueses decidirem que deve ficar na casa no domingo [Diana está nomeada], não poderá ser líder nem poderá ter imunidade», afirmou o Big Brother.

Diana quis justificar-se perante todos e pediu desculpa. «O Big desafiou-me para contar histórias mirabolantes durante o dia de hoje a algumas concorrentes, pensei numa pessoa famosa e era mentira. Pensei que as pessoas lá fora iam perceber que era mentira, não era minha intenção. Queria fazer um pedido de desculpas público à pessoa em questão que se sentiu lesado com a situação. Não gosto deste tipo de situações e fiz isso inocentemente, nunca esperando que escalasse desta maneira, mas sinto-me na obrigação de pedir desculpa e aceito a sanção do Big Brother», disse a concorrente.

De recordar que o jornalista Pedro Pinto é casado há cerca de 20 anos e tem dois filhos: Zé Maria, de 17 anos, e Francisco, de nove.

Texto: Inês Borges e Ana Lúcia Sousa; Fotos: DR e TVI

 

Veja também:
Diana do Big Brother reage a internamento de André Filipe: «Espero que ele fique bem»
Big Brother: A Joana é mimada, intriguista e com a mania da superioridade

PUB
Top