Diego Maradona foi operado de urgência ao cérebro. Saiba o que aconteceu!

Diego Maradona foi operado ao cérebro para lhe ser retirado um coágulo. O ex-futebolista apresentava um quadro de depressão.

05 Nov 2020 | 8:10
-A +A

O antigo futebolista Diego Maradona, que celebrou 60 anos na passada sexta-feira, 30 de outubro, foi operado ao cérebro para lhe ser retirado um coágulo. A cirurgia foi um sucesso e o atual treinador do Club de Gimnasia y Esgrima La Plata está a recuperar bem.

“O Diego tinha apresentado um quadro de depressão (…). Inicialmente, o psicólogo atribuiu-o à questão do aniversário, à depressão decorrente da pandemia e às diversas circunstâncias que o cercavam. Depois, quando viu que a situação se agravou, foi internado e o estudo realizado resultou na intervenção”, esclareceu Matías Morla, o advogado do treinador argentino.

“Ele tinha atitudes estranhas, estava muito depressivo e tinha comentários relativos a parentes falecidos, dizia que sentia a falta deles”, revelou o causídico, recordando que, todos os anos, na altura de celebrar o seu aniversário Maradona “sofre uma espécie de nostalgia”.

 

Diego Maradona e o passado de drogas

A estrela do futebol mundial sofre de problemas cardíacos, de hipertensão e de insónias. Além disso, no ano passado, foi submetido a uma cirurgia ao joelho para a implantação de uma prótese.

Para atrás terão ficado os problemas com as drogas pesadas. “Ele está completamente limpo da cocaína”, garantiu a equipa médica de Maradona.

Ainda assim, não escondem que, “em alguns momentos”, o ex-jogador “comete excessos com bebidas alcoólicas”. As filhas, Giannina e Dalma Maradona, de 29, já tinham avisado quererem abrir um processo judicial contra o pai com o objetivo de o internar numa clínica de reabilitação.

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: Reprodução Instagram

 

 

 

PUB
Top