Dinheiro de Rogério Samora está bloqueado. Há assuntos entregues ao Ministério Público

Rogério Samora tem as contas bancárias bloqueadas e é o primo, Carlos, quem tem suportado todas as despesas. “Enquanto eu tiver anéis, estou pronto para os tirar”, diz o familiar do ator.

09 Set 2021 | 21:34
-A +A

Rogério Samora continua em estado crítico e o primo, que tem estado sempre ao seu lado desde o primeiro dia, está a pagar todas as despesas. A situação poderá piorar quando o hospital der alta ao ator, porque todas as contas bancárias estão ‘bloqueadas’. Ou seja, estando em nome de Rogério Samora, ninguém pode aceder ao dinheiro.

Segundo Carlos Samora disse a uma revista semanal, há assuntos relacionados com o património do ator que estão entregues ao Ministério Público. O primo do ator afirma que tem pagado tudo o que há para pagar, mas confessa que não tem sido fácil. “Os médicos estão à espera que haja uma vaga na unidade de Cuidados Continuados para o transferir”, começou por contar.

“Os médicos já me disseram que ele vai ter de sair do hospital, não o podem manter lá eternamente, à espera de uma resposta. Para já, o caso dele terá de obedecer a um protocolo, mas depois quero levá-lo para uma clínica privada. Não sabemos qual será o futuro dele, mas, seja qual for, quero que seja tratado com a dignidade que merece. Quero que esteja num sitio, que, mesmo que a dormir, seja visitado pelos amigos e por quem o quer ver”, continua.

 

“Enquanto eu tiver anéis, estou pronto para os tirar”

 

“Como se costuma dizer, levam os anéis e ficam os dedos. Enquanto eu tiver anéis, estou pronto para os tirar em prol do bem-estar dele. Tenho feito e vou continuar a fazer tudo o que estiver ao meu alcance”, diz o primo de Rogério Samora à TV Guia.

“Nós não sabemos o que vai acontecer no dia de amanhã e há contas que temos de manter em dia. Tem de se pagar a água, a luz, o seguro do carro, o selo do carro, a eletricidade… Essas despesas continuam a existir”, afirma, falando ainda do alojamento local que o ator tem no Porto: “Neste momento, não há fundo de maneio para conseguir sustentar aquela casa. Como deve imaginar, não custou meia dúzia de tostões… Estou à espera que o Ministério Público se pronuncie quanto a essa situação. É um poço sem fundo”.

 

Os herdeiros de Rogério Samora

 

Tal como Carlos já tinha contado antes, no dia em que Rogério Samora sofreu duas paragens cardiorrespiratórias, a 20 de julho, enviou uma mensagem ao irmão do ator, Paulo, que viverá em Espanha. “Até ao dia de hoje, continuo sem resposta”, afirmou, sublinhando a má relação que existia entre os dois: “O Paulo já tinha morrido para o Rogério”.

No caso de o pior cenário se verificar – a morte de Rogério Samora -, os herdeiros serão o pai, Edmundo, que sofre de Alzheimer, e o irmão, com quem o ator não tem qualquer relação. Isto caso não exista um testamento.

 

Texto: Patrícia Correia Branco; Fotos: Arquivo Impala

PUB