Diogo Amaral reage a críticas: «A minha mais sincera compaixão por quem não amou»

Diogo Amaral revela que foi acusado de preferir o filho mais novo, Oliver, em detrimento do mais velho, Mateus. O padre Aníbal de Golpe de Sorte lamenta mensagens «muito desagradáveis».

01 Jul 2019 | 16:15
-A +A

Oliver, o segundo filho de Diogo Amaral, nasceu há quase três semanas. Após voltar a ser pai, o ator publicou uma fotografia com a namorada, Jessica Athayde e com o filho, com a legenda «o resto é paisagem».

Agora, o ator que dá vida ao padre Aníbal em Golpe de Sorte revela que, por causa dessa frase, recebeu várias «mensagens muito desagradáveis». Tudo porque houve quem achasse que, com essa mesma frase, Diogo estava a dar preferência a Oliver e a excluir Mateus, fruto da relação com Vera Kolodzig.

«Não estava à espera mas nas mensagens privadas recebi uma ou outra muito desagradáveis. apontando para o facto de o Mateus não fazer parte da foto. Não costumo dar azo a estes comentários muito menos responder mas, tratando-se de um tema tão importante para mim, fiz questão de o fazer porque fiquei realmente triste com as mensagens», começa por explicar.

 

View this post on Instagram

 

Há uns dias publiquei esta foto aqui no instagram e escrevi na legenda “O resto é paisagem”. Não estava à espera mas nas mensagens privadas recebi uma ou outra muito desagradáveis. apontando para o facto de o Mateus não fazer parte da foto. Não costumo dar azo a estes comentários muito menos responder mas, tratando-se de um tema tão importante para mim, fiz questão de o fazer porque fiquei realmente triste com as mensagens. Quando disse “o resto é paisagem”, referia-me ao resto que não aquilo que estava representado na foto: o Amor. Quando o Oliver nasceu, o amor que tinha pelo Mateus não se dividiu para chegar para os meus dois filhos… Multiplicou-se. Multiplicou-se e continua a multiplicar-se todos os dias, como penso que acontece com a maioria dos pais. Daqui para a frente continuarei a publicar fotos dos meus filhos, como até agora sempre fiz com o Mateus, e se num dia publicar uma foto de um e não de outro, não quer isso dizer que ame mais esse filho. Mas há uma coisa que quer dizer, amo, cada um deles, desde o dia que soube que estavam na barriga das respectivas mães, e sou grato à natureza e à vida por cada um deles. Só quem nunca amou não sabe quanto o amor consegue crescer, aumentar, multiplicar-se infinitamente. A minha mais sincera compaixão por quem não amou ou ainda não foi amado, o suficiente, para perceber o que quis dizer com esta foto e tem a necessidade e tempo de pensar e escrever coisas tão feias como algumas que recebi. Mas o que desejo, a todos, mesmos aos que me escreveram isto, é que encontrem na vida, o mais importante de tudo. Amor.

A post shared by Diogo Amaral (@diogoamaral.oficial) on

Diogo esclarece-me que usou a expressão «o resto é paisagem» para se referir «ao resto que não aquilo que estava representado na foto: o Amor». E continua, explicando que, quando o segundo filho nasceu, o amor pelo primogénito «não se dividiu». «Multiplicou-se e continua a multiplicar-se todos os dias, como penso que acontece com a maioria dos pais. Daqui para a frente continuarei a publicar fotos dos meus filhos, como até agora sempre fiz com o Mateus, e se num dia publicar uma foto de um e não de outro, não quer isso dizer que ame mais esse filho».

Mateus nasceu em setembro de 2014. Diogo Amaral e Vera Kolodzig separaram-se em janeiro de 2017, depois de cinco anos de relacionamento. Diogo e Jessica Athayde começaram a namorar em meados de 2018. O ator explica que começou a amar os filhos «desde o dia que soube que estavam na barriga das respectivas mães».

«Só quem nunca amou não sabe quanto o amor consegue crescer, aumentar, multiplicar-se infinitamente.
A minha mais sincera compaixão por quem não amou ou ainda não foi amado, o suficiente, para perceber o que quis dizer com esta foto e tem a necessidade e tempo de pensar e escrever coisas tão feias como algumas que recebi», conclui.

 

Texto: Raquel Costa | Fotos: redes sociais e Arquivo Impala

 

Veja mais:
Diogo Amaral partilha foto inédita do filho Oliver
Diogo Amaral: «estou-me nas tintas para o que pensam a meu respeito» 

 

PUB
Top