Diogo Carmona: «Em 2019, aprendi que é difícil quando não podemos confiar na família»

O ator Diogo Carmona deixou-se fotografar de corpo inteiro – a primeira vez desde o acidente em que perdeu um pé – e, no último dia de 2019, partilhou essa imagem e fez um balanço do ano.

01 Jan 2020 | 11:10
-A +A

Um adeus a um ano marcante… e não pelos melhores motivos. A poucas horas de 2019 encerrar, o ator Diogo Carmona partilhou nas redes sociais uma fotografia em que surge acompanhado, à beira-mar, aproveitando a ocasião para fazer um balanço dos últimos 12 meses.

Um deles, outubro, ficou marcado por uma tragédia: o dia em que foi colhido por um comboio, na linha de Cascais, um acidente que lhe causou a amputação do pé esquerdo.

No texto escrito a 31 de dezembro, Diogo Carmona nunca se refere concretamente a este episódio, mas admite que 2019 foi «marcado por alguns capítulos mais infelizes» e por «outros mais marcantes».

«Com tempo aprendemos que as pessoas vão e vêm, que a ignorância se transforma em sabedoria, descobrimos os luxos e os bens essenciais da vida», salientou.

O jovem ator, que se tornou popular junto do público português no momento em que, com apenas oito anos, participou na série Floribella, da SIC, abordou ainda a ligação à família, um vetor da sua vida que o fez voltar às páginas das revistas, quando acusou a mãe do furto de «centenas de milhares de euros» e avós de violência.

Sublinhando que em 2019 aprendeu que «a família é o pilar», Diogo Carmona, hoje com 22 anos, não esconde que foi «difícil» quando aprendeu igualmente que não pode «confiar nela».

«Aprendi […] que a imensidão da sabedoria no final de contas é irrelevante», acrescentou o ator, terminando com um pedido: «Façam do vosso dia o melhor que puderem, porque nunca sabemos quando é que o mundo vai terminar.»

 

Apanhado pela TV 7 Dias

 

Dois meses depois do acidente que lhe amputou um pé, Diogo Carmona foi fotografado pela TV 7 Dias na companhia de um amigo, a caminho de uma sessão de fisioterapia.

A recuperação, segundo contou o amigo à nossa revista, «está a correr bem»«O Diogo está a recuperar, tanto física como psicologicamente, depois de tudo aquilo que se passou e isso é o mais notável», frisou.

 

Percorra a galeria para ver essas imagens!

 

VEJA TAMBÉM:
Diogo Carmona foi detido antes do acidente por agredir mãe e avó
Diogo Carmona não quis ser acompanhado por psicólogo, diz Flávio Furtado
Diogo Carmona tem historial de problemas psicológicos e conflitos familiares

 

Texto: Dúlio Silva; Fotografias: Impala e reprodução redes sociais

PUB
Top