Dois cancros, alcoolismo, violência e abandono: Ana Barbosa viveu terror antes do “BB”

Ana Barbosa partilhou com o público do “Big Brother” a sua poderosa “curva da vida”. Em lágrimas, a concorrente falou dos cancros, do alcoolismo e da violência do pai e do abandono da mãe.

11 Out 2021 | 19:53
-A +A

Ana Barbosa foi uma das protagonistas da gala deste domingo, 10 de outubro, do “Big Brother” ao dar a conhecer a sua impressionante “curva da vida”. Assim que começou a contar a sua história, a concorrente do reality show da TVI desfez-se em lágrimas.

“Nasci em dezembro de 1978. O meu pai era alcoólico. Sempre vivemos uma vida muito triste. Eu e a minha mãe tínhamos de fugir de casa, porque ele batia-nos. O meu pai chegou a apontar uma arma à minha mãe para a matar. E eu vi isso tudo”, começa por descrever Ana Barbosa.

Certo dia, a mãe da concorrente do “Big Brother” disse-lhe que não regressava a casa. Quando lá chegou, confirmou o que tinha ouvido mais cedo. “Entrei e ela não estava em casa. Entretanto, o meu pai chegou e eu estava sozinha com ele. Tinha muito medo e eu só lhe disse: ‘Por favor, não me faças nada'”, recordou. A progenitora tentou entrar em contacto com a filha mais tarde, mas sem sucesso. “Depois, ela tentou entrar em contacto comigo, mas eu fiquei cheia de raiva dela. Tenho medo de ficar no escuro, porque é o abandono”, contou.

A vida de Ana Barbosa continuava difícil. “Ganhei a ‘miss praia Vila Nova de Milfontes’ na altura por causa do meu pai, que tinha visto na revista. O meu pai continuava a bater-me às três e tal da manhã em casa. Ficava com o dinheiro todo”, lamentou.

 

Ana Barbosa tentou o suicídio: “Quis matar-me nesse dia”

 

No amor, as coisas também não corriam como Ana Barbosa esperava. “O meu primeiro amor, eu tinha para aí 15 ou 16 anos. Ele era muito, muito rebelde e era o mauzão da escola. Chegámos a namorar, ele depois traiu-me. Quis matar-me nesse dia”, disse a concorrente do “Big Brother”.

Em 2006, a agora participante do reality show da TVI “rebentou” e mudou-se para a Suíça. “Fui limpar casas de banho, fui fazer tudo”, frisou. “Em janeiro de 2009, soube que o meu pai estava muito mal e no dia 10 fui enterrar o meu pai. Nunca tinha visto tanta gente num enterro. Nunca, nunca, nunca. Houve um puto que veio ter comigo e disse-me isto: ‘O teu pai foi espetacular para mim, ele é como se fosse um pai para mim’ e eu: ‘A sério? Olha que ele para mim não'”, contou, lavada em lágrimas.

 

Concorrente do “Big Brother” teve dois cancros

 

A empresária conheceu o marido, Ricardo, através de uma prima. “É o homem da minha vida. É o equilíbrio”, elogiou a concorrente do “Big Brother”.

Em 2018, depois de uma viagem à Polónia, Ana Barbosa descobriu que estava doente. “Eu e o Ricardo fazemos uma viagem e sinto-me muito mal na Polónia, muito mal mesmo. Quando cheguei ao médico ele disse: ‘Você está com um cancro no estômago!’ Passei-me completamente”, contou. No entanto, a moradora da casa mais vigiada do País lutou e superou o problema oncológico.

“A nossa ideia sempre foi não ter filhos. Fui a uma casa de banho, naquelas de centro comercial e fomos fazer um teste. [O marido] olhou para mim e disse-me: ‘Então não é que estás mesmo grávida?’ O ginecologista disse-me: ‘Você tem aqui duas coisas. A primeira é que você tem um tumor e tem um cancro no útero’. Desabei outra vez. Até que depois descobri que era uma menina. A Pilar foi a minha salvação, porque eu nunca ia saber o que tinha no útero, se não estivesse grávida”, findou.

 

“Ana Barbosa é o retrato de milhares de mulheres em Portugal”

 

Depois de ouvir este testemunho emocionante, Manuel Luís Goucha revelou que Ana Barbosa “é o retrato de milhares de mulheres em Portugal que sofrem de violência doméstica”. “Quando aquele jovem vai ter consigo no funeral e diz o que diz acerca do seu pai, estamos perante um homem que em casa era um e na rua era outro bem diferente?”, perguntou o apresentador.

“O meu pai era o exemplo lá fora, no trabalho ele ganhava tudo [era militar]. Era exemplar. Só vim a saber depois que o meu pai sempre dizia bem de mim aos outros. Mas nunca dizia à minha frente, era incapaz. Só me disse quando estava a morrer, disse para uma médica: ‘Esta rapariga que aqui está é a minha filha e ela é espetacular'”, respondeu-lhe a participante do “jogo da vida real”.

Por sua vez, Cláudio Ramos quis saber se Ana Barbosa já desculpou a mãe. “Claro que sim! Temos uma relação muito próxima, mas é quando vou para a Suíça que mandamos mais mensagens uma à outra. Quando venho para Portugal, tento estar com ela, mas acabamos por nos chatear muito. Vou dizer uma coisa: também não sei se fui uma boa filha. Podia ter dado, sei lá, mais carinho, mais conforto, e se calhar não dei”, findou Ana Barbosa.

Veja as imagens deste emotivo momento na nossa galeria.

 

Texto: Ivan Silva; Fotos: reprodução TVI e redes sociais

PUB
Top