Eduardo Beauté: “Aqui fica a reposta à ameaça”

Cabeleireiro faz revelações chocantes acerca de um encontro com o ex-marido, Luís Borges.

28 Mai 2017 | 17:00
-A +A

Este domingo, EDUARDO BEAUTÉ fez revelações chocantes nas redes sociais acerca de um encontro com LUÍS BORGES. O cabeleireiro abriu o coração no Facebook relatou as agressões detalhadamente.

Na publicação, Eduardo justificou:

“Aqui fica a resposta sem medos à última ameaça que me faz de mostrar publicamente as fotos da sova que levou, antes de ele as publicar eu deixo a minha versão dos casos e que é a mais pura das verdades.

Só voltei a recorrer a esta situação de me justificar, porque o Luís alega com frequência que eu não o deixo ver as crianças, o que não é verdade, simplesmente com as longas ausências, foi-me recomendado que as protegesse. Ainda assim ele chegou na última vez de Nova Iorque, onde esteve mais de um mês e só procurou o único filho, o Bernardo, uma semana depois.

Frisando: “Infelizmente toda a nossa vida se tornou pública porque fomos um excelente exemplo, mas eu nunca previa que um dia o Luís fosse para o Bernardo, aquilo que a progenitora do Luís foi para ele”.

As imagens das agressões

De acordo com o cabeleireiro, Luís fotografou as marcas das agressões e usou as alegadas imagens para o ameaçar.

“Ao receber ontem [sábado] a sua mensagem de ameaça em que ele me diz ponderar a hipótese de expor publicamente umas fotos que ele diz ter com as marcas de violência, eu senti-me na obrigação de justificar a causa dessa situação de violência. Para mim já teria terminado este tipo de exposição, que para além de deselegante é a forma mais leviana de resolver o quer que seja. Mas por vezes somos forçados a este tipo de decisões, mesmo contra a minha natureza”, concluiu.

Os filhos

Na longa publicação, Eduardo referiu ainda que, na altura do divórcio, teve de recorrer a uma psicóloga para ajudar a filha.

“Era tudo muito forçado e em pouco tempo voltou a distanciar-se das crianças, ao que tive de recorrer a uma psicóloga da Clínica da Mente para ajudar a minha filha que era a que se apercebia mais do desprezo que ele dava às crianças.”

Leia também aqui.

 

 

PUB
Top