“Ele guarda tudo para dentro”: Mulher de António Costa faz revelações sobre vida privada

António Costa e a mulher, Fernanda Tadeu, estiveram no “Dois às 10” da passada sexta-feira, 24 de dezembro. A Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz, o primeiro-ministro falou do último ano.

27 Dez 2021 | 9:50
-A +A

António Costa e Fernanda Tadeu estiveram no programa das manhãs da TVI e a mulher do primeiro-ministro revelou em direto um lado menos conhecido do marido. Tudo porque o apresentador do “Dois às 10”, Cláudio Ramos, quis saber se, em algum momento ao longo da pandemia de covid-19, Costa chorou.

“Eu herdei do meu lado paterno uma sobriedade na expressão das emoções e sentimentos, tanto em público como em privado”, respondeu o primeiro-ministro. Fernanda Tadeu foi mais além: “Ele guarda tudo para dentro. É preciso, quase a saca-rolhas, perceber o que é que lhe vai na alma, sobretudo quando está triste”.

Na mesma conversa com Cláudio e Maria Botelho Moniz, emitida na passada sexta-feira, 24 de dezembro, António Costa garantiu que só recentemente é que começou a ouvir dizerem-lhe “Obrigado”. “Ao fim de muitos anos, ouvimos muitas coisas, como ‘força’ ou ‘vai-te embora’. A expressão ‘obrigado’ é recente. Sabe bem ouvi-la. Dizem ‘olhe, não voto em si, mas obrigado’. Para quem exerce esta atividade é reconfortante”, contou.

Pode ver mais sobre a entrevista a António Costa aqui e aqui.

A Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz, o secretário-geral do Partido Socialista confessou ainda que precisa de ajuda para adormecer. “Já passei aquela idade em que só dormia quatro horas”, adiantou. “O médico tem me apoiado”, frisou ainda.

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: Reprodução Instragram

 

PUB