“Era mal escrita”: Inês Castel-Branco arrasa novela da SIC e põe culpas na autora

Inês Castel-Branco disse, no programa “5 Para a Meia-Noite”, que a novela de que menos gostou de fazer é “Rosa Fogo”. A trama, exibida pela SIC, “era mal escrita”, apontou a atriz.

05 Mar 2021 | 21:30
-A +A

Inês Castel-Branco, de 39 anos, revelou sem floreados qual a novela de que menos gostou de fazer até agora. Esta foi uma das questões colocadas à atriz na rubrica “Pressão no Ar”, do programa “5 Para a Meia-Noite”, no qual esteve presente nesta quinta-feira.

Sem hesitar, a protagonista da próxima ficção da TVI escolheu a trama “Rosa Fogo”, que a SIC exibiu entre setembro de 2011 e junho do ano seguinte. Inês Lopes Gonçalves, a anfitriã do late night show da RTP1, quis saber porquê. “Porque era mal escrita”, atirou Inês Castel-Branco.

E “quem escreveu?”, insistiu o humorista Miguel Rocha, que co-apresenta este segmento de “5 Para a Meia-Noite”. “Não digo”, limitou-se a dizer. Mas a resposta a esta pergunta é fácil de obter: foi Patrícia Müller quem assinou o argumento da novela em questão, que marcou a estreia da autora na ficção da SIC, depois de, para a TVI, ter escrito tramas como “Mar de Paixão”.

 

Inês Castel-Branco pede desculpa a autora de “Rosa Fogo”

 

Logo após “Pressão no Ar”, Inês Lopes Gonçalves advertiu Inês Castel-Branco: “Sabes que há coisas que estão à distância de um Google?” “Eu sei, ela vai ver isto! Que horror… Peço já desculpa”, retratou-se a atriz.

Desde “Rosa Fogo”, protagonizada por Cláudia Vieira, José Fidalgo e Ângelo Rodrigues, Patrícia Müller escreveu a novela da SIC “Poderosas”, as séries da RTP1 “Madre Paula”, “Circo Paraíso” e “Luz Vermelha” e “A Generala”, disponível na plataforma de streaming da SIC, a OPTO. Nenhuma delas contou com a presença de Inês Castel-Branco.

 

Inês Castel-Branco destaca fator positivo na produtora das novelas da SIC

 

Na rubrica do programa da RTP1, Inês Castel-Branco respondeu a uma questão que opõe a SIC à TVI. Mas em nada tem que ver com a ficção que cada canal apresenta aos espectadores. “Come-se melhor no catering das novelas da SIC ou da TVI”, perguntou Miguel Rocha.

“Da SIC”, respondeu prontamente. Porquê? “Não sei… Tens de perguntar a quem de direito”, riu-se a atriz, que depois de vários anos a trabalhar na SP Televisão, a produtora da ficção da estação de Paço de Arcos, aceitou regressar à TVI, cujas novelas estão sob a alçada da Plural Entertainment.

Inês Castel-Branco encontra-se a gravar “Para Sempre”, que protagoniza ao lado de Diogo Morgado.

 

Texto: Dúlio Silva; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

 

PUB
Top