“Está a tornar-se muito perigoso e estranho”: Jogo de Gonçalo Quinaz criticado em direto

A relação de Gonçalo Quinaz com as mulheres está a mostrar um ex-jogador de futebol diferente do que os espectadores estão habituados. Os comentadores do “Extra”, da TVI, que o digam.

02 Mar 2021 | 12:30
-A +A

Gonçalo Quinaz perguntou a Sofia, depois de terminar a gala do “Big Brother – Duplo Impacto” de domingo, 28 de fevereiro, se já tinha agradecido a Jéssica Nogueira, por esta não a ter eliminado da prova do líder. A ex-namorada de Tierry Vilson, que venceu o desafio, não viu razão para o fazer e ouviu da boca do concorrente que era “ingrata”.

No “Extra” da madrugada desta terça-feira, 2 de março, esta atitude do desportista foi criticada pelo painel de comentadores. “Eu acho que o jogo do Gonçalo está a tornar-se muito perigoso e estranho. Nunca vi este tipo de abordagem… provocador. Ele já tem vindo a fazer este jogo desde a semana passada. Provoca a Sofia contra a Jéssica para ele se fazer valer, para ele ser o centro das atenções e acabar por ter jogo. Só assim, com as mulheres a disputarem-no, é que ele se sente importante e só assim é que é falado. Mas isto só lhe fica mal”, considera Liliana Filipa.

“Espremida a laranja não vai além disto”

Pedro Crispim não só concorda com as palavras da colega como avança que não conhece o “jogador” Gonçalo, sem mulheres à volta. “Todas as nuances que o Gonçalo tem no jogo estão alocadas a mulheres. Tudo anda à volta daquela vibração emocional que ele tem ali com as mulheres. Sozinho, não conheço o Gonçalo enquanto jogador. Ele até é uma pessoa bem formada, mas na realidade eu não conheci o Gonçalo além desta entrada e saída de pessoas, dos dramas com esta ou aquela. Será que isto faz dele um grande jogador? Não! Faz dele uma pessoa que é muito falada exatamente por criar este tipo de conteúdos, mas espremida a laranja não vai além disto”, atira.

Ana Arrebentinha diz que está farta das conversas que o jovem tem com Sofia. “Estou farta desta fantochada. Estou farta desta conversa, saturada”, afiança.

“O jogo dela acabou”

Gonçalo Quinaz e Jéssica Nogueira receberam, respetivamente, uma carta de Helena Isabel e outra de Pedro Alves durante a emissão conduzida por Teresa Guilherme e Cláudio Ramos.

Flávio Furtado aproveitou o momento para lançar, de certa forma, farpas à produção do reality show. “Aquelas cartas não acrescentaram nada, sobretudo a do Pedro”, defende, ao mesmo tempo em que aponta o dedo à ex-concorrente: “Por que é que a Helena mandou uma carta? Por que é que a Helena não ficou sossegada na sua casa? O jogo dela já acabou!”

O comentador não compreende como é que alguém pode ser convidado a participar num reality show só por ser o ex-namorado(a) de alguém, como é o caso de Pedro Alves, ex de Jéssica Nogueira. Esta opinião surge pelo facto de “estar em cima da mesa” a possível entrada do jovem de Penafiel na mansão do “Big Brother”. “(…) Ser convidado a participar num reality porque sim, agora ser convidado a ter uma participação porque se é o defunto… quer dizer, que ele entre lá como amigo da Jéssica, tudo bem, agora assim…”, remata.

Texto: Ivan Silva; Fotos: divulgação TVI e redes sociais
Leia também:
“É um avião”: Pedro Alves assume ciúmes com relação de Jéssica Nogueira e Gonçalo Quinaz

PUB
Top