“Estava a virar cadáver”: Beatriz Gosta sofre nos primeiros dias de maternidade

Beatriz Gosta, mãe pela primeira vez, optou por dar um suplemento à bebé porque ela não estava a engordar. “Eu já estava a virar cadáver depois de tentar de tudo”, confessou.

31 Mar 2021 | 13:45
-A +A

Beatriz Gosta, o nome artístico de Marta Bateira, revelou que os primeiros dias da maternidade não correram como esperado. A humorista foi mãe pela primeira vez a 14 de março mas, ao que tudo indica, a pequena Luiza não estava a engordar. Assim sendo e após ter recorrrido a especialistas, optou por dar um suplemento à bebé.

“Ontem comecei a dar suplemento à Luiza, mas atenção ela continua a mamar do meu peito feliz e serena várias vezes ao dia. Apenas não estava a atingir o peso que tinha no parto e eu já estava a virar cadáver depois de tentar de tudo”, começou por contar. E acrescentou: “A Luiza só vai ficar bem se eu estiver bem”, pode ler-se na publicação onde Beatriz Gosta se mostra a amamentar a filha recém-nascida.

Beatriz Gosta sobre o parto: “Sem pontos no pipi”

Menos de uma semana após o nascimento da bebé, a recém mamã divulgou também alguns dados sobre o dia em que a pequenota chegou ao mundo. “Nasceu domingo, às 10h52, no melhor sítio do país, Centro Hospitalar Póvoa de Varzim – Vila do Conde de 37 semanas e 5 dias, parto natural sem pontos no pipi, com 3,185 kg e 49 cm”, afirmou Beatriz Gosta.

Texto: Carolina Sousa; Fotos: Redes Sociais

 

Veja também:
“Mama gretada em ferida e fralda cheia de sangue”: Beatriz Gosta sofre com pós-parto
Mistério resolvido: Beatriz Gosta revela identidade do pai do filho

PUB
Top