Estes são os 10 melhores momentos de Big Brother 2020! Reality show regressa este domingo

A pouco mais de 24 horas da estreia de Big Brother – A Revolução, a TV 7 Dias recorda os momentos mais marcantes da edição do reality show conduzida por Cláudio Ramos.

12 Set 2020 | 19:30
-A +A

Big Brother – A Revolução estreia-se já na noite deste domingo, dia 13 de setembro, na TVI, marcando o regresso de Teresa Guilherme à condução dos reality shows, três anos depois de ter apresentado Biggest Deal.

Mas, antes de serem conhecidas as novas histórias, os novos concorrentes e as novas peripécias, recorde os momentos mais marcantes de Big Brother 2020, que teve Cláudio Ramos como anfitrião e que terminou com a vitória de Soraia Moreira.

 

O top 10 dos momentos mais marcantes de Big Brother 2020:

 

  1. Começando pelo início, literalmente, é impossível deixar de mencionar o momento em que o apresentador gritou o nome de Noélia, aquando da chegada dos concorrentes à mansão da Ericeira. Este grito tornou-se viral na Internet;
  2. A primeira semana do reality show foi, provavelmente, a mais conturbada de todas as edições, devido às declarações polémicas de Hélder e Pedro Alves, que foram acusados de ser homofóbicos;
  3. Ana Catharina teve um ataque de pânico depois de ter visto um frango a ser confecionado;
  4. Após de ser nomeado por Ana Catharina, Daniel Monteiro exaltou-se e disse: «Quando precisares dos bombeiros, não devias ser ajudada. Se achas que é uma causa que não é grande coisa, era isso que devia acontecer. Tenho dito.» Os Bombeiros de Valongo chegaram mesmo a emitir um comunicado e o jovem remediou o erro assim que saiu do programa.
  5. Pedro Soá protagonizou um dos momentos mais fortes de Big Brother 2020. Foi o único concorrente expulso pela produção, por, segundo a mesma, ter desrespeitado as regras do jogo, merecendo saída imediata. Foi a 26 de maio que Soá se irritou e perdeu a cabeça. Nessa semana, o concorrente era o líder e assumiu-se cansado e farto de «não ser respeitado» pelos colegas, o que o levou a exaltar-se. Nessa manhã, não faltaram gritos e palavrões. Teresa não ficou calada e foi o alvo principal do concorrente. E tudo por causa das lides domésticas, da desarrumação dentro da casa e de… um iogurte;
  6. A forte discussão entre Sónia e Noélia também não deixou ninguém indiferente. Houve mesmo quem comparasse Sónia a Pedro Soá;
  7. E por ser um programa tão intenso, Hélder e Ana Catharina também tiveram algumas brigas. A pior aconteceu quando o concorrente tocou na brasileira sem a sua autorização;
  8. Teresa considerava que a relação de Diogo e Ana Catharina era «jogo» e uma das suas declarações gerou muita polémica: «Como é possível, em dois dias, abrir-se as pernas, abrir e pôr as pernas em cima de outra pessoa, quando é uma pessoa que ‘ai meu Deus do céu’? Depois, de repente, deixa de ser»;
  9. As noites de domingo também tiveram momentos fortes. Cláudio Ramos não escondeu a desilusão e a indignação ao ver Ana Catharina, numa das galas, a desrespeitar uma das regras do Big Brother. A concorrente brasileira sempre disse que nunca nomearia mulheres enquanto estivesse na casa mais vigiada do País. Nesse dia, não se podiam nomear homens e a vegana recusou-se a fazê-lo, irritando o apresentador de BB2020. Por outro lado, o rosto da TVI foi duramente criticado devido à conversa que teve, noutra gala, com Diogo, uma vez que os fãs do reality show acharam que a forma como Cláudio tratou o jovem não foi a mais correta;
  10. Por fim, o momento mais delicado de todas as edições do programa: Ana Catharina soube, em pleno jogo, que o pai tinha morrido.

 

Texto: Ivan Silva; Fotografias: reprodução redes sociais

PUB
Top