“Estou solteira, mas não disponível”: Diana Lopes revela-nos tudo sobre o seu Natal

Diana Lopes ‘abriu o coração’ à TV 7 Dias e revelou-nos todos os detalhes do Natal em sua casa: o filho passa a véspera com a mãe e o dia 25 com pai. Leia aqui a entrevista completa!

23 Dez 2022 | 19:50
-A +A

Diana Lopes, que ficou conhecida do público após participar na atual edição do “Big Brother“, da TVI, revelou à TV 7 Dias como vive a época natalícia. A empresária nortenha contou-nos tudo!

 

TV 7 Dias: O que é para si o Natal? Quais são as suas principais memórias? 

Diana Lopes: O Natal, para mim, significa união. Sempre unimos a família toda, quer na véspera quer no próprio dia. Lembro-me que éramos mais de 30 pessoas. Juntávamos as prendas todas na cozinha, apagávamos as luzes, um dos meus tios vestia-se de pai Natal e passava no corredor. Atirava com acessórios de cozinha ao chão e íamos todos a correr buscar as prendas para a sala, super felizes. Que saudades de ser criança! Ficávamos pela noite dentro a conviver, a fazer atividades, e no dia voltávamos a reunir, fazíamos jogos ou víamos filmes.

Nessa semana – entre o Natal e o Ano Novo – ficava sempre com os meus primos em casa da minha avó. Estávamos de férias da escola, era a semana que mais gostava no ano inteiro!

Como costuma ser o Natal em sua casa?

Reunimos sempre a família toda! Infelizmente, por causa da Covid-19, nos últimos anos não tem sido possível, o que me entristece porque foi praticamente desde o nascimento do meu filho. Este ano, finalmente, vai ter a primeira oportunidade que a mãe teve, de viver intensamente o Natal. E ele agora já começa a perceber, vai ser super giro ver as reações dele, sendo ele bastante expressivo, ver a felicidade naqueles olhinhos.

Ainda para mais, o Afonso vai ter a sorte de passar a véspera comigo e o dia 25 com pai!

Qual foi o melhor presente que já lhe ofereceram? E o que já deu?

Eu sou muito mais de dar do que de receber! Uma vez perdi a cabeça e dei a carta de mota a um namorado! Gosto da sensação de dar e sentir que as pessoas ficam realmente felizes e surpreendidas.

E qual foi o pior?

Vou levar isto na brincadeira… Há uns anos pensei que ia receber uma grande prenda de um amigo especial e ele ofereceu-me uma manta! (risos) Eu adorei a manta dele, mas podia ter juntado mais alguma coisinha, não é?! Mas sempre ouvi dizer, ‘quem dá o que tem a mais não é obrigado’.

E no campo amoroso, vai passar o Natal solteira ou com o coração ocupado?

O meu coração está sempre ocupado pelo meu bebé Afonso. Estou solteira, mas não disponível. Esta nova realidade exige muito de mim e quero aproveitá-la a 100%. Claro que não sabemos o dia de amanhã, nem irei virar as costas ao amor, mas não é algo que esteja nos meus planos.

Quais são os seus desejos para 2023? 

Muita saúde, acima de tudo! Para o meu filho, para a minha família, para os meus. A nível profissional, espero continuar a crescer todos os dias e atingir os objetivos definidos. O roubo da página da minha loja não estava nos meus planos, então é como se tivesse regredido uns belos passos.

A nível pessoal, gostava realmente de conseguir finalmente uma casinha para mim e para o Afonso, uma vontade que já tenho há algum tempo e que cada vez faz mais sentido. Queremos o nosso espaço. Luto todos os dias para que isso aconteça brevemente.

Quem acha que vai vencer o “Big Brother”? E quem seria, na sua opinião, o justo vencedor?

Acho que o frente a frente vai ficar entre Miguel e Bárbara. Ou Miguel e Rúben. O Miguel é, sem dúvida, um justo vencedor por todo o percurso. Embora não tenha concordado com algumas atitudes dele, tenho que o admitir. Tal como admiti que, apesar de não gostar do tipo de jogo dele a 100%, gosto dele enquanto pessoa e certamente vamos ser amigos cá fora.

Pelo lado emocional, gostava que ganhasse o Rúben ou o Miro. Desejo boa sorte a todos, ganhe quem ganhar, estarei lá para os abraçar a todos, um a um.

 

Entrevista: Joana Dantas Rebelo; Fotos: redes sociais 
PUB