Ex-“Casa dos Segredos” luta contra COVID-19. Surgem rumores de que está a morrer

Lourenço Ódin Cunha, ex-concorrente do reality show “Casa dos Segredos”, testou positivo à COVID-19 e apressou-se a desmentir os rumores de que estaria a morrer.

01 Dez 2020 | 22:20
-A +A

Lourenço Ódin Cunha, que se deu a conhecer ao público através da quarta edição de “Casa dos Segredos”, testou positivo à COVID-19. O ex-concorrente do reality show da TVI recorreu ao seu perfil de Facebook para dizer que soube que tinha contraído o novo coronavírus depois de a sua mãe ter descoberto que estava infetada com o SARS-CoV-2.

“Na semana passada, a minha mãe testou positivo e, mesmo na altura sem sintomas (só eu tinha, alguns), aqui em casa fomos todos fazer o teste, por descargo de consciência e nossa própria responsabilidade. Para quem não sabe, somos uma família de nove pessoas cá em casa. São três casas independentes numa, por isso, convivemos todos os dias. Eu isolei-me de imediato mal tive os primeiros sintomas. por saber que possivelmente também daria positivo. E confirmou-se”, disse.

Das nove pessoas da família de Lourenço Ódin Cunha, só ele, a mãe e a mulher testaram positivo à COVID-19. “Talvez também por trabalharmos os três juntos, ou talvez não. Agora nunca se vai saber de onde poderá ter vindo ou não, nem quem teve primeiro. E não há culpas para nada disto. Estúpido é quem assim o pensa. Além do mais, isso não interessa, pois a verdade é que as forças tinham de ser todas guardadas para combater o vírus”, prosseguiu.

O jovem assumiu que “sempre” teve “receio” de que “as pessoas de risco” que o rodeiam “fossem infetadas”. Mas “sem paranóias ou parvónias”, salvaguardou. “No entanto, e espero que assim permaneçam as estatísticas cá em casa, fui o que tive mais dificuldade em enfrentar este vírus e posso dizer-vos que não foi nada fácil e que só espero não ficar com mazelas, porque a recuperação não são os dez dias, mas podem ser meses – depende dos casos”, alertou.

 

Desmente rumores de que está a morrer

 

De seguida, Lourenço Ódin Cunha lamentou a “tanta parvoíce” que ouviu desde que soube que tinha contraído o novo coronavírus. E exemplificou: “Já está mais do que na hora de as pessoas terem vergonha de falar das vidas alheias, pois já ouvimos de tudo. Desde que estava a família toda infetada e a trabalhar, mesmo sabendo da infeção, até que eu estou a morrer no Porto.”

O ex-concorrente de “Casa dos Segredos” apressou-se, então, a desmentir tais informações. “Deixem-se de merd** e de ser mesquinhos e não comentem que este ou aquele está infetado ou isto ou aquilo, quando vocês próprios nem sabem se estão, ou se estiveram ou se ainda vão estar”, afirmou.

“Usem essas forças para perceber se as pessoas precisam de ajuda, de comida, de uma palavra de conforto ou algo necessário. Isso, sim, seria de valor. Já agora, se não sabem: quem passa pela infeção. segundo os estudos apresentados, durante os seis meses seguintes, no mínimo, não o volta a ter, por isso, não precisam de andar a fugir uns dos outros como anormais num filme de zombies”, defendeu. E complementou: “Mantenham as medidas de segurança e cuidem-se. Mas cuidem das vossas vidas, não gastem as vossas energias a tentar cuidar da vida dos outros. Sejam úteis à sociedade ou, no mínimo, a vocês mesmos.”

 

“Os cães ladram e a caravana passa”

 

Ciente de que “os cães ladram e a caravana passa”, numa alusão aos rumores que se criaram em redor da sua família, Lourenço Ódin Cunha disse, na mesma mensagem, datada de 27 de novembro, que teria a sua “vida de volta” três dias depois, ou seja, nesta terça-feira.

O jovem participou na quarta edição de “Casa dos Segredos”, corria o ano de 2013, com o mais impactante segredo daquela edição: “Sou transexual.” Em setembro de 2018, Lourenço casou-se com Marina Fernandes, numa cerimónia que decorreu em Vila Nova de Famalicão.

 

Texto: Dúlio Silva; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

 

VEJA TAMBÉM:
César de “Casa dos Segredos” arrasa Pipoca: “Que fria, seca, crua, horrível”

PUB
Top