DRAMA: Ex-Chiquitita revela ter SOFRIDO de PERTURBAÇÃO PSICOLÓGICA durante anos

Marta Fernandes recorda passado assombrado por perturbação psicológica. «Tinha medo de tudo o que não podia controlar», refere.

15 Mar 2019 | 19:10
-A +A

A atriz de 39 anos utilizou a conta de Facebook para desabafar sobre um problema que a afetou durante muitos anos no passado. Marta Fernandes sofreu de ataques de pânico durante «quase 10 anos».

«Tinha medo de ter medo, tinha medo de tudo o que não podia controlar. Hoje, depois de ter passado por alguns momentos duros em que só me restou continuar, chego à conclusão de que tinha medo da inevitabilidade da vida!», pode ler-se na publicação partilhada esta quinta-feira, dia 14 de março.

«Não fiquem parados nem um minuto»

 

«Descobri que o medo só tem medo da ação… e a única solução é ganhar coragem e avançar», afirma a atriz que deu vida a Lili, a protagonista da telenovela infanto-juvenil Chiquititas, da SIC, em 2007.

A artista deixa um conselho a todas as pessoas que sofram da mesma perturbação:

«A todos os que se sentem presos, ajam! Ainda que pareça impossível, não fiquem parados nem um minuto. Sozinhos, acompanhados, com medo, sem saberem bem para onde, caminhem (literalmente)».

Para além de Chiquititas, Marta fez parte de projetos televisivos como Os Nossos Dias (2013) e Aqui Não Há Quem Viva (2006) e Floribella (2007).

Recentemente, participou na novela da SIC Alma e Coração, com a personagem Marília Azevedo. 

 

Separada e com uma filha

 

Marta Fernandes pôs fim à bonita história de amor com o cubano Yanni Acosta.

Conheceu Yanni Acosta numas férias em Cuba e rapidamente se apaixonou. Ele mudou-se para Portugal, casaram, foram pais da Maria, hoje com oito anos, mas a atriz contou, na altura, à Nova Gente que não foram felizes para sempre. O casal divorciou-se há dois anos e meio.

Texto: Redação WIN Conteúdos Digitais/ Fotos: Arquivo Impala

PUB
Top