Ex-concorrente de “O Amor Acontece” diz ter sido agredido: Mostra-se cheio de sangue

Paulo Válter, ex-concorrente de “O Amor Acontece”, viu-se envolvido em problemas devido a negócios e acabou por ser agredido na perna. Porém, existem duas versões da história. Saiba tudo aqui!

12 Out 2021 | 11:50
-A +A

Paulo Válter ficou conhecido no programa “O Amor Acontece”. O jovem de 23 anos veio a público denunciar uma situação problemática em que esteve envolvido recentemente. Paulo tem um negócio de venda de roupa online, nomeadamente réplicas de conhecidas marcas, e foi justamente isso que esteve na origem de todos os problemas.

Segundo palavras do próprio, o ex-concorrente chegou atrasado a uma troca de uma peça de roupa e isso motivou a que fosse agredido. Nas redes sociais, Paulo desabafou e mostrou as provas da agressão.

“Quanto mais eu conheço o ser humano mais eu gosto de animais. Sei que Deus me protege todos os dias, mesmo que algumas pessoas me tentem fazer mal. Sei o meu valor enquanto pessoa, isso para mim basta”, começou por dizer.

“Agora vou curar uma ferida externa que me está a doer muito…Fiquei com a perna entre o passeio e o pneu”, continua, acrescentando que é “justo” e que odeia “mentira”.

“A ferida neste momento está na minha alma, ver o grau de maldade dói mais. O ser humano está muito perdido. Não cheguei a tempo da troca de um kispo de 25 euros. Vale tudo num mundo que me enoja, tudo o que der para destruir o outro é feito”, refere.

Para já, Paulo, que completa 24 anos nesta semana, revela que prefere manter-se ausente das redes sociais e não esclarece se vai avançar com uma queixa na polícia: “Vou tratar de todas as encomendas, tudo direitinho, e vou-me afastar por um tempo indeterminado das redes sociais”.

Percorra a galeria e veja as imagens!
“Agrediu a minha mãe”

Já no Facebook circula uma versão completamente diferente. Um internauta alega que a história não foi nada assim e que Paulo agrediu uma mulher.

“Para quem o conhece, hoje agrediu a minha mãe. Partiu-lhe os óculos, não pagou nem devolveu o casaco e empurrou o meu pai. Fugiu para casa quando o próprio irmão esperou pela polícia e disse que o irmão agrediu a senhora à falsa fé e fugi”, pode ler-se.

O internauta revela, ainda, que Paulo é conhecido como “caloteiro” e que “ninguém gosta dele“.

Texto: Inês Borges; Fotos: DR

 

PUB
Top